Semana do Orgulho LGBT: Relembre as cenas marcantes de beijo gay nas novelas

Publicado há um ano
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As cenas de sexo e beijo gay sempre foram tratadas como tabu nas novelas brasileiras, mas atualmente a situação tem melhorado e o público tem recebido cada vez melhor a diversidade. A princípio, as emissoras estão dando mais espaço para a representatividade, inclusive a TV Globo tem dado espaço para atores e atrizes transexuais.

Luciana Vendramini e Giselle Tigre em Amor e Revolução (Reprodução/SBT).

Amor e Revolução

Em maio de 2011, foi ao ar na novela Amor e Revolução, do SBT, a cena de um beijo entre as personagens Marcela (Luciana Vendramini) e Marina (Giselle Tigre). Mesmo tendo uma repercussão um tanto negativa, a emissora levou a cena ao ar, mas acabou cortando a cena com beijo entre os atores Lui Mendes e Carlos Thiré.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Félix (Matheus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em Amor à Vida (Reprodução/TV Globo).

Amor à Vida

A primeira cena de beijo gay no horário nobre da TV Globo, aconteceu em 2013 na novela Amor à Vida entre os personagens Félix (Matheus Solano) e Niko (Thiago Fragoso). O público acabou gerando grande simpatia pelo vilão da trama, que teve um final aplaudido pelo público. Os dois deram um selinho no final do folhetim de Walcyr Carrasco.

Tereza (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathalia Timberg) em Babilônia (Reprodução/TV Globo)

Babilônia

O beijo entre as personagens Tereza (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathalia Timberg), logo no primeiro capítulo da novela Babilônia, de Gilberto Braga, deu o que falar. O beijo entre as duas senhoras de mais de 70 anos, foi comemorado por boa parte do público, além de ser extremamente elogiado por boa parte dos internautas pela pureza da cena.

André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) em Liberdade, Liberdade (Reprodução/TV Globo).

Liberdade, Liberdade

Com extrema sutileza, os personagens André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) protagonizaram a primeira cena de sexo gay da TV. A sequência que durou cerca de cinco minutos e mostrou os personagens trocando caricias e beijos. Mas foi tratada de uma forma bastante leve e gerou uma onda de comentários nas redes sociais, inclusive de pessoas famosas.

Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Muller) na novela Em Família (Reprodução/TV Globo).

Em Família

Um dos romances gays mais polêmicos das novelas, aconteceu
na novela Em Família, exibida em 2014. A trama de Manoel Carlos, levou o
público a não receber muito bem o romance entre Clara (Giovanna Antonelli) e
Marina (Tainá Muller), que teve seu casamento destruído com Cadu (Reynaldo
Gianecchini). A cena de beijo entre as duas não teve muita repercussão, mas
ainda assim aconteceu e foi marcante.

Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grígio) em Malhação (Reprodução/TV Globo).

Malhação: Viva a Diferença

Abrindo ainda mais espaço na teledramaturgia para a diversidade, o autor Cao Hamburger surpreendeu ao incluir a cena inesperada de um beijo entre as personagens Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grígio). A novela teen da TV Globo apresentou sua primeira protagonista gay e as personagens assumiram o romance ao final da temporada.

Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico) em Malhação (Reprodução/TV Globo).

Malhação: Vidas Brasileiras

A primeira cena de beijo gay entre dois garotos em Malhação, aconteceu entre os personagens Michael (Pedro Vinícius) e Santiago (Giovanni Dopico). A cena foi ao ar pouco tempo depois da temporada anterior que já tinha acontecido o beijo entre duas meninas. O público comemorou bastante nas redes sociais, já que o casal ganhou bastante repercussão.

Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller) em Orgulho e Paixão (Reprodução/TV Globo).

Orgulho e Paixão

Uma das mais recentes cenas de beijo gay nas novelas e a primeira no horário das seis da TV Globo, aconteceu na novela Orgulho e Paixão, exibida em 2018. Na trama que retratou o romance gay no século vinte, mostrou o casal Luccino (Juliano Laham) e o militar Otávio (Pedro Henrique Müller) que se beijou nos últimos capítulos da novela, onde tudo foi retratado com muita sutileza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio