Segundo Sol: Durante confronto com Beto, Laureta atira em Remy

Publicado há 2 anos
Por Clara Ribeiro
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Logo após o verdadeiro “surto” de Karola (Deborah Secco) e Remy (Vladimir Brichta) no capítulo do último sábado (03), Laureta (Adriana Esteves) tomará uma decisão drástica.

O plano da malévola desta vez será matar o próprio irmão. Porém, como final de novela tem sempre reviravoltas e nunca é como se imagina, ela terá percalços para seguir com sua ideia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Segundo Sol: Manu ou Rochelle? Saiba com quem Narciso terminará

Quando ela estiver prestes a acabar com a vida de Remy, Beto (Emilio Dantas) aparecerá e tomará a arma da cafetina. “Eu te mato, desgraçada”, falará o ex de Karola.

Apesar disso, Laureta não desistirá e conseguirá pegar o revólver novamente e dará um tiro no irmão, fugindo logo após o disparo.

Leia mais: Segundo Sol: Rosa desmaia e Laureta anuncia: Vou lá em cima pegar a agulha

Ferido, Remy receberá uma ajuda inicial de Beto, que continuará no local mesmo com a fuga da vilã. “Foi de raspão, não é sério não”, dirá o músico.

Logo após, Ionan (Armando Babaioff) vai chegar na companhia de outros policiais e vão socorrer o irmão da malvada. “Eu não sei se sinto alegria de te ver ou ódio de você, Remy! Oxe, que doideira… Você tá vivo, meu irmão!”, exclamará assim que vir o ferido.

Leia mais: Segundo Sol: Rosa é resgatada por Ícaro e Valentim, mas Laureta dispara contra

Dulce faz referência à ditadura e repercute

Renata Sorrah chegou em Segundo Sol roubando a cena na reta final da novela. Na trama escrita por João Emanuel Carneiro, ela é Dulce, mãe de Laureta.

Em cena exibida recentemente, em conversa com Remy, Dulce afirmou ter muito dinheiro escondido, e exibiu para o malandro um maço com várias notas de cruzeiro, acreditando ainda ser a moeda corrente em 2018.

No capítulo exibido na última sexta-feira (02), Ionan chegou na casa da senhora, acompanhado de Ícaro (Chay Suede), Valentim (Danilo Mesquita) e outros policiais.

Leia mais: Segundo Sol: Saiba quem matará Karola em Segundo Sol

No momento em que os dois jovens, filhos de Luzia (Giovanna Antonelli) ficaram sozinhos com Dulce, tentaram conversar com ela. Por sua vez, a mãe de Laureta acreditou que ambos fizessem parte do exército.

“Cês são do exército? Cês vieram pegar meu marido, minha filha e as outras da guerrilha, não é? Cês vão me torturar até eu dizer a verdade? Cês vão me botar no pau de arara? Cês vão me afogar? Cês vão me dar choque?”, perguntou.

Leia mais: “Acham que sou gringo”, conta André Dias sobre o sucesso de Groa em Segundo Sol

Mais tarde conversando com Rosa, Karola, Remy, e Laureta, ela soltou: “Tortura, tortura, tortura! Abaixo a ditadura! Tortura nunca mais, nunca mais! Abaixo a ditadura!”.

Ela ainda citou Che Guevara e Lênin, nomes que ficaram nos Trending Topics do Twitter. O público de Segundo Sol, entendeu a citação de Dulce como uma indireta do autor João Emanuel Carneiro à eleição de Jair Bolsonaro, presidente eleito, apoiador da ditadura militar, período relatado pela personagem.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio