Vem aí

Saiba tudo sobre a terceira temporada de Cine Holliúdy, que estreia em abril na Globo

Alexandre Borges está entre as novidades do elenco

Publicado em 11/04/2023

A partir de 27 de abril, a cidade de Pitombas volta a ser palco da maior e mais bem-humorada peleja da TV contra o cinema já vista no mundo, quiçá no Ceará. Na terceira temporada de Cine Holliúdy, Francisgleydisson (Edmilson Filho) continua sendo um cabra apaixonado pela sétima arte, que tenta de tudo para manter vivo seu estabelecimento, enquanto os moradores seguem encantados nas modernidades da televisão.

Mas, dessa vez, um investidor misterioso surge na vida de Francis. Interpretado por Alexandre Borges, que se junta ao elenco na nova leva de episódios, o figurão de terno vermelho propõe dinheiro e prosperidade em troca da alma do sujeito.  

A oportunidade cai como uma luva, já que, mesmo depois de fazer “uma pá de filmes” em cearencês para tentar atrair a clientela, o sucesso das novelas continuou a esvaziar a sala do único cinema da redondeza, que Francis toca com a ajuda de Munízio (Haroldo Guimarães), seu melhor amigo.

Com dívida até o pescoço, Francis começa a ser ameaçado por credores sanguinários, e percebe que a única saída para não vender seu maior tesouro vai ser fechar negócio com o tal empresário. 

Mas o pacto com essa figura do além não vai agradar nem um pouco a mocinha que arrebatou o coração do inadimplente, Rosalinda, vivida pela atriz cearense Larissa Goes, outra novidade no grupo de atores da produção.

Certa de seu amor pelo cinemista, a cantora de forró decide largar tudo para trás ao chegar em Pitombas com sua banda itinerante, só para viver o romance com Francis – e vai exigir dele a mesma entrega e dedicação.

Eu vejo nela uma segurança de tomar essa escolha, sabendo que, em outro momento, ela pode tomar outra escolha, a partir do que ela vai percebendo. No decorrer da temporada, quando ela percebe o que o Francis fez, que ele mentiu, ela se afasta. Ela impõe o que ela prioriza na relação”, explica Larissa sobre a protagonista.  

No comando da cidade, a prefeita Socorro (Heloísa Périssé) enfrenta uma crise política e é destituída do cargo. Seu casamento com Olegário (Matheus Nachtergaele) também não está na melhor fase, e quem se aproveita da situação é Lindoso (Carri Costa), dono do armazém de Pitombas e presidente da Câmara, que assume a prefeitura

Agora primeira-dama, Belinha (Solange Teixeira) adota um visual mais elegante, com o penteado inspirado em Socorro. Em meio as acusações de corrupção, a ex-prefeita, então, decide se passar por outra pessoa para disputar novamente o cargo.

Dessa vez, com direito a bigode e costeleta, ela cria o personagem Tião Ferrabrás, e adere roupas consideradas masculinas para conseguir o respeito e a aceitação dos conservadores pitombenses.  

Com exibição às quintas-feiras, logo após a novela das nove, a terceira temporada da série chegou na vida de Alexandre Borges pela diretora Patrícia Pedrosa.

Foi um convite feito diretamente por ela. E por uma coincidência, um ano antes, participei de uma ação no Ceará e conheci o Halder Gomes. Na ocasião, falei sobre fazermos um trabalho juntos e acabei sendo convidado para o Cine, o que me deixa muito feliz”, diz o ator, que revela ainda ter se inspirado na literatura de cordel para o trabalho.

Não busquei a coisa do mal, que assusta. Ele é descolado, vê humor nas coisas e tem uma certa despreocupação com a moral“, declara. 

A temporada conta ainda com Lorena Comparato, Frank Menezes, Caca Carvalho, Falcão Maia, Gustavo Falcão e Flávio Bauraqui no elenco, e participações especiais de Vladimir Brichta, Samantha Schmütz, Linn da Quebrada, Heloisa Jorge, entre outros.

Além de promover um diálogo entre passado e presente, a série, agora criada e escrita por Marcio Wilson, com direção artística de Patricia Pedrosa, também faz uma bela homenagem ao cinema.

O Cine continua sendo um feliz encontro com a nossa brasilidade e uma ótima oportunidade de juntar a família em frente à telinha para relaxar e dar boas risadas juntos. É um antídoto para qualquer baixo astral”, destaca a diretora.  

Para Marcio Wilson, essa é a mais fantástica e divertida das temporadas. “Nosso maior compromisso é fazer o espectador rir de si mesmo. Se determinados comportamentos políticos ou sociais são dignos de riso, então serão contemplados em nossa eterna sátira ao brasileiro”, afirma o escritor.

Já o protagonista Edimilson Filho, contente em levar às telas, mais uma vez, a essência de Francis, ressalta a importância da representatividade nordestina na série. “Esse nosso humor, que o Brasil precisa tanto, é um humor que chega em todas as idades, sabe? As crianças são muito fãs, os adultos também”, completa. 

Cine Holliúdy é uma série criada e escrita por Claudio Paiva e Marcio Wilson, baseada no longa-metragem homônimo escrito e dirigido por Halder Gomes e coproduzido pela Globo Filmes. A terceira temporada é escrita por Marcio Wilson com Péricles de Barros, Gabriela Amaral e Angélica Lopes, e colaboração de Marcelo Magano.

A direção artística é de Patricia Pedrosa com direção de Halder Gomes e Renata Porto. A produção é de Erika da Matta e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.