Ricky Tavares revela detalhes sobre viver Harã em Gênesis: “Experiência muito gratificante”

O ator falou sobre como foi o processo de criação do personagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na TV desde 2009, onde atuou em Promessas de Amor e posteriormente, Malhação ID, Ricky Tavares, de 29 anos, agora integra o elenco de Gênesis, na Record TV. O ator falou sobre seu personagem Harã, que entra para a novela bíblica a partir do capítulo 21. 

“Poder fazer o Harã foi uma experiência muito gratificante e de muito aprendizado. O que posso adiantar sobre a personagem, é que Harã vai viver muitos conflitos em relação à família e aos negócios. A trama está incrível e reserva muitas emoções”, conta o artista. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para dar vida ao personagem, Ricky teve que mudar de visual e estudar a história. “Bom, primeiro de tudo, tive que raspar a cabeça, algo que nunca havia feito. Foi uma mudança radical pra mim. Assisti a muitos vídeos e alguns filmes da época pra poder me aproximar da história”, revelou.

“Gênesis” não é a primeira trama bíblica que o ator integra o elenco.  Ele atuou em “José do Egito”, “Milagres de Jesus”, “A Terra Prometida” e “Jesus”, todas na Record TV. Esses trabalhos ajudaram o artista a compor Harã. 
“Cada trabalho que fiz foi muito importante ao longo da minha carreira. Com cada um, eu pude aprender coisas que levo para a vida e que fazem parte do meu desenvolvimento tanto pessoal quanto profissional.”

Ricky tem acompanhado a novela e confessa a ansiedade para conferir o seu trabalho. “Tenho acompanhado a novela e está linda. Estou muito orgulhoso por estar fazendo parte de um projeto tão grandioso como esse. Estou super ansioso para ver o resultado das gravações, tudo foi feito com muita dedicação e amor. Espero que gostem do que vão ver! Vem muita coisa boa por aí.”

O ator estava no ar recentemente, na reprise de “Jesus”. Ricky procura assistir a todos os seus trabalhos e, após isso, fazer uma autocrítica. 
“Sempre que posso acompanho os trabalhos que já fiz. Gosto de ver para saber o que funciona e o que não funciona, busco sempre evoluir como ator e isso faz parte do meu processo”, finaliza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio