Repórter do SBT tem link invadido: “Fora, Bolsonaro”

Apresentadora do telejornal, Márcia Dantas, orientou a repórter a se proteger

Publicado há 9 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na manhã desta quarta-feira (15), a repórter Amanda Campos, do SBT, teve o link invadido por um homem que gritou “Fora, Bolsonaro”.

A jornalista, que estava ao vivo no Primeiro Impacto, falava sobre o desrespeito ao isolamento social, em frente a uma estação de metrô, na capital paulista, quando o rapaz, que vestia uma camiseta do PCO (Partido da Causa Operária) e usava máscara, surgiu com um jornal escrito ‘mobilização operária’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Imediatamente, o operador de câmera tentou desviar o foco para não filmar o invasor, que insistiu em aparecer no vídeo. Após o ocorrido, a apresentadora do telejornal, Márcia Dantas, interrompeu o link e criticou a intervenção direto do estúdio.

“Amanda, pelo amor de Deus! Atrapalhando o trabalho da repórter, tenha respeito pelo nosso trabalho, pelo trabalho da imprensa. A gente tá se arriscando aqui, arriscando nossa vida pra levar informação”.

Chega um cidadão querendo furar ali o trabalho da Amanda. Amandinha, você consegue continuar falando ou o cidadão continua por aí?”, questionou a âncora, que foi seguida pela repórter.

“Desculpa, Márcia. Tem bastante gente mal-educada atrapalhando o trabalho dos jornalista nas ruas”, alegou Amanda, que foi orientada pela apresentadora.

“Amanda, se protege. Se ele te agredir de alguma forma, você chama a polícia. Fica protegida, a gente volta já com a Amanda Campos. Que situação lamentável, não é..só no SBT. Várias emissoras estão passando pela mesma situação na rua, tem imagens viralizando na internet. É difícil. A gente trabalhando pra te levar informação e aí não dá! Isso aí eu não concordo”, finalizou Márcia Dantas.

Assista:

Ataques a Globo têm sido comuns recentemente

Nos últimos dias, a TV Globo também foi vítima de invasões em links de telejornais. Na sexta-feira (10), o repórter Renato Peters teve o microfone retirado de suas mãos por uma mulher que afirmou que ‘a Globo é um lixo’.

Na edição desta terça-feira (14) do SP1, a repórter Mariana Aldano sofreu um ataque enquanto realizava um link na frente de uma agência bancária de Francisco Morato.

Na hora, a jornalista passava informações e o cinegrafista mostrava uma fila no local, dois homens apareceram aos berros. “Globo lixo!”, gritaram os rapazes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio