Profissionais da Band esperam por forte investimento em 2019, diz colunista

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de estar amargando uma das piores crises de sua história, há esperança na Band. Os profissionais do departamento comercial esperam que ocorra um forte investimento em 2019. A expectativa maior é que o setor de esportes seja beneficiado, de acordo com o colunista Flávio Ricco, do portal UOL.

A emissora do Morumbi é historicamente conhecida como ‘o canal do esporte’. Mas, nos últimos anos, depois de perder competições importantes para a Globo e para a TV paga, perdeu fôlego. Para piorar, a Band não conseguiu nem seguir como parceira da emissora carioca em competições nacionais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Band grava piloto de Ringue da Vida

A Band já foi emissora sublicenciada de campeonatos importantes como o Brasileiro, o Paulista e o Carioca. Já transmitiu também a Liga dos Campeões da Europa. Em 2018, chocou o público ao não exibir os jogos da Copa do Mundo da Rússia.

Crise financeira da Band

Tudo isso foi resultado de uma grave crise em suas finanças. A Band decidiu parar de investir em produtos caros, como os de esporte, e apostou em uma grade mais barata. Com isso, investiu em programas de variedades, a fim de atrair um segmento querido pelo mercado publicitário.

Para a temporada 2018, a emissora estreou programas que não funcionaram, como o Superpoderosas. O matinal segmentado para o público feminino foi um fracasso de audiência e não conseguiu fechar a temporada no ar. O Cozinha com Bork, também da faixa matutina, também não sobreviveu aos cortes da emissora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio