Poderoso diretor deixa Band após 30 anos na emissora

Publicado há um ano
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após 30 anos na Band, Marcos Antonio Zago anunciou sua saída da emissora nesta quinta-feira (13). Atualmente, o profissional estava no cargo de Diretor Nacional de Opec, após a chegada de Antonio Zimmerle para a programação da rede. Através de uma mensagem interna ele comunicou os amigos e colegas de emissora e depois compartilhou a informação em seu perfil facebook.

Fim de um ciclo. Depois de 30 anos estou deixando a Band. Agradeço a todos, das diversas equipes que trabalharam comigo. A todos que colaboraram para que eu pudesse ter uma bela história para o resto da vida. Agradeço aos diretores e integrantes das diversas áreas com que interagi durante três décadas. Agradeço também as equipes da rede, espalhadas pelo Brasil, que sempre me trataram muito bem“, escreveu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Responsável por trazer o MasterChef à Band, Diego Guebel instala produtora no Brasil

Diego Guebel acaba de trazer para o Brasil a Boxfish, sua produtora de conteúdos que cria e licença formatos de programas. O argentino é ex-vice-presidente da Band, onde atuou até 2017 trazendo produtos de sucessos como o MasterChef e os extintos CQC e A Liga.

Novata no país, a Boxfish mantém uma atividade bem-sucedida na Argentina e Espanha, onde assina a produção de dez programas próprios e versões locais de franquias mundiais. Entre as atrações estão o Bake Off e o El Jefe Infiltrado – adaptado do Undercover Boss. No Fantástico a atração ganhou o nome de Chefe Secreto.

“Gosto de atuar no Brasil porque aqui a indústria do entretenimento é desafiadora ao mesmo tempo muito receptiva a novas ideias”, disse Guebel ao Notícias da TV.

O produtor também é o responsável pela versão nacional do Mulheres Ricas (2012) na grade da Band. Já o formato gastronômico apresentado por Ana Paula Padrão ganhou espaço em 2011. Na época, Diego Guebel assumiu o comando da direção artística do canal.

O desligamento do profissional da empresa da família Saad aconteceu em junho de 2017, seis meses após ele assumir o cargo de vice-presidente. O motivo da demissão foi as dificuldades financeiras que o Grupo Bandeirantes começou a enfrentar. A crise continua até os dias atuais.

Vale destacar que no último mês de maio, Daniel Guebel foi visto nos bastidores da Band. O motivo da visita teria sido uma conversa com Johnny Saad, presidente do veículo de comunicação

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio