Partido rejeita candidatura à presidência de Valéria Monteiro, ex-apresentadora do Jornal Nacional

Publicado há 2 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O PMN (Partido da Mobilização Nacional) rejeitou em convenção, neste sábado (21), o nome da jornalista e ex-apresentadora do Jornal Nacional, Valéria Monteiro, para candidatura à Presidência da República.

Entretanto, a decisão já era esperada. A executiva do partido já havia decidido retirar o nome dela antes mesmo da convenção, mas Valéria entrou na Justiça para garantir a pré-candidatura até a convenção.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Apresentadora demitida da Globo aponta racismo na decisão: “Chibatadas contemporâneas”

Todavia, a convenção foi marcada por um problema entre Valéria e o presidente. A jornalista queria falar com Antonio Carlos Massarolo antes da convenção, mas o presidente se negou.

Contudo, a decisão revoltou Valéria, que gritou: “Vai decidir tudo na canetada, presidente?”. O fato revoltou Valéria, que prometeu entrar na Justiça para anular a convenção feita pelo PMN.

Por fim, o partido não decidiu apoiar nenhum nome para presidente. Valéria disse que o que ocorreu hoje foi a prova de como é fraudulento o sistema eleitoral brasileiro. Ela promete não desistir de concorrer ao pleito.

Veja também

Datena manda indireta e insinua que Faustão pode estar copiando seu programa

Globo divulga chamada de elenco de O Tempo Não Para

Valéria Monteiro foi âncora do Jornal Nacional nos anos 90

Recentemente, Valéria Monteiro fez um vídeo criticando Jair Bolsonaro nas redes sociais. Na gravação, a famosa chama o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) de mentiroso e o chama para um debate.

“O seu discurso de ódio faz as pessoas brigarem. Você não respeita as diferenças e vou lutar até o fim contra isso que é o pior do ser humano. Hitler começou assim. Pegou uma Alemanha pobre, descrente, que precisava de autoestima. Convenceu as pessoas através do medo a acreditar em suas mentiras assim como você faz. Levou o mundo à maior guerra de sua história”, declarou a jornalista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio