Participantes do Masterchef Profissionais reclamam de machismo no programa: “Homem é chef e mulher é cozinheira”

Publicado há 4 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo no início, com apenas três programas exibidos, já começaram as polêmicas na primeira edição do Masterchef Profissionais, revela o R7.

As mulheres que participam da atração da Band reclamam do machismo por parte dos rapazes. Priscylla Luswarghi foi quem começou a se queixar dos comentários e situações constrangedoras.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao trabalhar na prova de equipe com João e Ivo (líder do grupo), a moça não gostou de ouvir de João que ela precisava ouvir ”uns gritos para aprender”. Para a moça, na cozinha as mulheres são subestimadas e não têm sua voz ouvida.

Já Izabela, a última eliminada do Masterchef, apoiou o discurso da amiga, declarando que os homens ainda não a levam a sério como cozinheira. “Eles dizem que não tenho cara de cozinheira. Mas cozinheira não tem cara”, disse.

Torcendo para Priscylla, Izabela reforçou que nesse meio ainda há muito machismo. “Homem é chef e mulher é cozinheira”, opinou.

Vale lembrar que na edição passada do programa o próprio jurado Erick Jacquin soltou uma piada machista ao avaliar as participantes Bruna e Raquel. Para ele, elas cozinhavam tão bem que ”já podiam casar”.

Mas Paola Carosella não deixou de criticar o amigo pela brincadeira de mau gosto. ”Que casar o que, elas estão prontas para abrir um restaurante”, disse, deixando o francês sem graça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio