Orgulho e Paixão: Uirapuru levará uns tapas de Elisabeta ao tentar ir se desculpar com Mariana

Publicado há 3 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Orgulho e Paixão, Uirapuru (Bruno Gissoni) após sair da prisão, irá até a casa dos Benedito para tentar conversar e pedir desculpas para Mariana (Chandelly Braz), mas não terá chance ao dar de cara com Felisberto (Tato Gabus Mendes) e Elisabeta (Nathalia Dill). Para sua surpresa, o rapaz ainda levará uns tapas da moça.

Veja também: Ema revela para Elisabeta que beijou Ernesto

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uirapuru ao ir em direção da porta, ela se abre antes que ele chegue e é Elisabeta quem aparece. Felisberto também aparece, vindo do estábulo e pergunta o que ele está fazendo ali. “Só quero pedir desculpas à Mariana antes de deixar o Vale.”, diz Felisberto, que parte para cima dele com a mão cheia, dizendo para que ele nunca mais se aproxime de suas filhas. Uirapuru desvia, empurra-o e ele cai no chão. Elisabeta corre para ajudar o pai. “Você viu, foi ele quem avançou em mim! Já tivemos outra oportunidade antes, pude me explicar e você me ouviu, Elisabeta. E sei que nunca acolheu a péssima impressão que Darcy tentou passar da minha pessoa.”, diz Uirapuru.

Veja também: Julieta assume a fazenda Ouro Verde e Ema descobre que sua família está falida

Elisabeta deixa o pai em pé, pergunta se o que Uirapuru quer é conversar, ele assente, ela se aproxima e dá um tapa estalado no rosto dele. “Isso é por Mariana”, deixando ele chocado. “Não sabe o que fez, senhorita.”, afirma Uirapuru e é interrompido por outro tapa. “Esse foi por Charlotte.”, diz ela e em seguida dá um terceiro tapa. “Esse por todas as outras mulheres que o senhor certamente já enganou ou pensava em enganar.”, diz Elisabeta que sai, volta e dá um pisão no pé dele. “Esse é pelo meu pai. Agora sou toda ouvidos!”, encara.

Veja também: Ofélia se revolta ao saber que Elisabeta vai para São Paulo: “Nunca mais falarei contigo!”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio