Orgulho e Paixão: Chantageada, Margareth cede e hospeda Susana na mansão de Tibúrcio

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Margareth (Natália do Vale) ficou sem saída depois que Susana (Alessandra Negrini) revelou ter provas de um crime dela. A britânica até tentará negar, nos próximos capítulos, mas não será, de fato, fácil enrolar a vilã, que já sabe muito bem o que exigir para ficar de bico calado. Confira.

“Não tenho ideia do que está falando…”, falará Margareth, sem se comprometer. “E depois a parva sou eu… Petúlia, dê a Lady a amostra grátis que preparamos para ela”, pedirá Susana. “Uma das fotos do delegado Kléber plantando os explosivos no armário de Elisabeta no jornal. E ouvimos a senhora ao telefone com Vicente, pedindo o quê, o quê? Explosivos! Veja que coincidência… Pena pra senhora que não seja!”, explicará Susana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Darcy surpreende Elisabeta com casamento diferente e belíssimo, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Que disparate! Isso não prova nada! Se Kléber incriminou Elisabeta, é problema dele”, rebaterá britânica. “Não vai ser difícil provar que pediu os explosivos, não é? Basta intimar o responsável pela ferrovia e ele confirmará. Fique com a foto, temos outras conosco”, insistirá Susana.

Margareth recua

A pressão acabará funcionando e Margareth vai murchar um pouco. “O que quer de mim?”, questionará. “Respeito… e patrocínio para que eu siga vivendo com o conforto, a segurança e o luxo que mereço. Por exemplo, há anos moro em mansões como essa. Pretendo manter meus padrões”, responderá Susana, sem titubear.

Na sequência, Petúlia que não é boba, nem nada vai se aproveitar da situação para garantir seus benefícios. “Vou ficar também, se não se importa. Já conheço os gostos de madama, sabe como é…”. “Escolha um dos quartos de hóspedes lá em cima. Essa casa com pretensões de palácio é apenas uma cópia mal feita mesmo”, concluirá Margareth, contrariada, mas derrotada, por ora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio