“Odeio ser chamado de fofoqueiro”, dispara Fefito sobre trabalhar cobrindo o universo do entretenimento 

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista e apresentador, Fefito, segue conquistando cada vez mais o seu espaço no mercado televisivo e, agora, também na rádio. Sim. Além do Mulheres na TV Gazeta, Estação Plural na TV Brasil e da coluna Zapping na Folha, Fefito está prestes a integrar o time do Morning Show, na rádio Jovem Pan. A novidade foi contada com exclusividade no podcast Aos Cubos, apresentado por André Aloi e Victor Pedia. 

Veja também: Anahí reaparece em público e fala sobre possível retorno às novelas e aos palcos: “O tempo dirá” 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante a entrevista o jornalista ainda fez algumas revelações sobre sua carreira. Numa dessas Fefito disparou que odeia ser reconhecido como fofoqueiro. “Eu amo quando as pessoas me reconhecem na rua, mas eu odeio quando me chamam de fofoqueiro. Eu não me considero um fofoqueiro. Eu entendo que algumas pessoas se empoderem com esse termo. Mas, eu não me considero.”, afirma o companheiro de Regina Volpato.

E continuou, “Meu trabalho é muito diferente do trabalho de outras pessoas. Eu não estou lá para falar mal ou prejudicar outras pessoas. E eu não faço só isso. Sou jornalista que, além de falar sobre TV, também falo sobre celebridade, às vezes. Mas eu não falo só sobre isso. Não sou fofoqueiro e profissão fofoqueiro não existe. O que me incomoda bastante. Mas, eu tenho certeza que quando as pessoas falam, é com carinho.” 

Confira a entrevista completa:

https://soundcloud.com/aoscubos/fefito

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio