Nova temporada de Até que se Prove o Contrário investiga condenações duvidosas

Terceira temporada traz histórias de pessoas que foram condenadas de forma questionável

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série Até que se Prove o Contrário, retorna ao Investigação Discovery em sua terceira temporada, na próxima quinta-feira (25), às 21h20. A produção mostra que os acusados de crimes hediondos são inicialmente inocentes e, quando os inquéritos e processos criminais acatam provas duvidosas é preciso trabalhar em busca da defesa da inocência.

Os episódios inéditos mostram processos e investigações polêmicas em buscas de brechas para a defesa. Na análise dos casos, estão o detetive aposentado Chris Anderson e Fatima Silva, advogada de defesa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A dupla ajuda as famílias que defendem que seus parentes foram presos erroneamente. Juntos, constroem as bases para as apelações e podem ajudar a devolver a liberdade a detentos que, mesmo após anos, sustentam que são inocentes.

O episódio de estreia mostra um caso de 1995, quando um homem armado e encapuçado matou um traficante de drogas e sumiu sem deixar pistas. Dias depois, uma testemunha se apresentou à polícia dizendo que poderia identificar o criminoso.

A argumentação foi baseada neste depoimento e Michael foi condenado a 37 anos de prisão e está em regime fechado desde 1996, com possibilidade de progressão para a liberdade condicional apenas em 2031. Agora, sua mãe e irmã confiam em Chris e Fatima para provar a sua inocência.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio