Nova fase de Jezabel traz Rachel Ripani, Carol Oliveira e outros atores; confira

Publicado há um ano
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A macrossérie Jezabel caminha para seus momentos finais na grade da Record TV e, em mais uma passagem de tempo, a trama escrita por Cristiane Friddman e exibida no horário das 20h40, ganha novos personagens. A partir do capítulo 70, que irá ao ar nesta terça-feira (30) eles já começam a aparecer. Com isso, a trama contará com o trabalho de vários rostos conhecidos do público. Confira a lista.

A passagem de 20 anos na história trará Rachel Ripani vivendo a personagem Zara, Carolina Oliveira como a Atália, Willean Reis na pele do Acazias e Anna Rita como Milena. Outros nomes são: Doná Baruch (Denis); Bruno Ahmed (David); Marcus Bessa (Eurão de Judá); Dyo Coelho (Jorão); Giacomo Pinotti (Josafá) e Munir Pedrosa (Omar).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A morte do rei Acabe

A cena quem questão mostra a sequência em que os exércitos de Judá e Israel se unem e partem em direção a Ramote-Gileade. Acabe diz a Josafá que lutará disfarçado com as vestes de um simples soldado. Josafá estranha, não entende o motivo de tal disfarce, mas não se opõe à ideia de Acabe.

O rei sírio dá ordens aos seus trinta e dois capitães para esquecerem os soldados israelitas, ele quer a morte do rei Acabe! Os capitães sírios, durante a batalha, vendo Josafá, o único com as vestes de rei, e acompanhado de soldados, vão em sua direção para matá-lo. Josafá grita para os seus subordinados, dizendo que ele, o rei Josafá, quer a vitória sobre o inimigo.

Os capitães sírios, ouvindo isso, se dão conta de que não é o rei Acabe e não matam Josafá. Por outro lado, Acabe, que está em seu carro, com vestes de um soldado normal, é atingido por uma flecha disparada por um sírio, que atirou a esmo. Gravemente ferido, Acabe é levado para fora do combate. O sangue de Acabe escorre pelo carro.

A batalha é feroz e ao entardecer Acabe morre… “Ao pôr do sol, fez-se ouvir um pregão pelo exército, que dizia: Cada um para a sua cidade, e cada um para a sua terra! Morto o rei, levaram-no a Samaria, onde o sepultaram. Quando lavaram o carro junto ao açude de Samaria, os cães lamberam o sangue do rei, segundo a palavra que o Senhor tinha dito; as prostitutas banharam-se nestas águas” – (I REIS 22: 36).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio