ENTREVISTA

No Sensacional, ex-Casseta Cláudio Manoel revela advertência da TV Globo após piada com prefeito: “O diretor foi demitido”

Humorista falou sobre a repressão nos bastidores da emissora por piada com Celso Pitta

Publicado em 13/07/2023

Nesta quinta-feira (13), a apresentadora Daniela Albuquerque recebe Cláudio Manoel em seu programa Sensacional, da RedeTV!, para discutir os principais personagens do humorista e o seu auge no Casseta & Planeta. No bate-papo, o eterno intérprete de Seu Creysson e Carlos Maçaranduba recordou um episódio de demissão nos bastidores do programa por conta de uma piada com um político.

“Levei uma advertência escrita, eu e o diretor porque representávamos o grupo. Fizemos uma piada sacaneando o prefeito de São Paulo, que na época era o Celso Pitta. Nesse período, a direção da Globo estava viajando para um congresso de Comunicação em Las Vegas (EUA) e tinha um substituto que falou: ‘A piada está pesada, melhor não colocar no ar’. (…) A piada foi ao ar e teve reclamação”, contou o artista.

De acordo com o depoimento de Cláudio Manoel, o diretor da atração chegou a ser demitido por Boni após a piada ir ao ar e recontratado depois de uma aplicação de multa ao elenco do programa.

“O nosso diretor foi demitido. Ligamos [eu e o elenco] pro Boni e pedimos para readmiti-lo. Em troca o Boni disse: ‘Então vai ter que doer no bolso’. Ele deu uma multa para cada um, fizemos uma doação para o Retiro dos Artistas e o diretor foi recontratado, mas ele [Boni] aplicou uma advertência escrita para nós dois. Eu até mandei enquadrar, um troféu desse”, disse ele.

Ainda na atração, o Cláudio Manoel refletiu sobre casos de assédios nos bastidores, entre eles o da também comediante Dani Calabresa. “Não dá para relativizar ou questionar, porque eu não estava lá, então, tem que acreditar na vítima. (…) Em geral, a pessoa tem que mover muito esforço e dor para trazer isso a público, trazer isso sem uma base factual é pouco provável”, declarou.