No Mundo da Bola, da TV Brasil, concorre ao Prêmio Os +Admirados da Imprensa Esportiva

Mesa redonda dominical é um dos três programas esportivos mais admirados da TV aberta

Publicado em 28/09/2021 09:44
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa esportivo No Mundo da Bola, atração semanal da TV Brasil, é um dos três finalistas da categoria televisão aberta no Prêmio Os +Admirados da Imprensa Esportiva. O anúncio foi feito pelo Jornalistas&Cia e Portal dos Jornalistas, que organizam a iniciativa, na última sexta-feira (24).

O jornalista Sergio du Bocage apresenta a mesa redonda transmitida aos domingos, ao vivo, às 21h, com a participação dos comentaristas titulares Marcio Guedes e Luiz Ademar. A produção recebe atletas, ex-jogadores, técnicos e jornalistas. Enquetes semanais estimulam a interação com o público.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O resultado final com o campeão de cada uma das 21 categorias será conhecido a partir de 18 de outubro nas redes sociais da organização. O No Mundo da Bola disputa o prêmio na categoria “Programa – TV Aberta” com o Cartão Verde (TV Cultura) e o Esporte Espetacular (Globo).

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) recebeu três indicações ao Prêmio Os +Admirados da Imprensa Esportiva. Além do programa No Mundo da Bola, dois jornalistas foram classificados para o segundo turno do concurso. Os profissionais Igor Santos e Marcelo Brandão concorreram na categoria “Jornalista – Regional Centro-Oeste”, respectivamente pela Rádio Nacional e pela TV Brasil.

Reconhecimento

Para o apresentador Sergio du Bocage, essa conquista do No Mundo da Bola é gratificante. “Fiquei muito feliz. Estar entre os finalistas já me enche de orgulho e gratidão. Os concorrentes eram (e são) todos excelentes, e chegar a esse estágio é uma vitória pra gente. Muito, muito obrigado. A cada um que faz o programa, incluindo o público que nos assiste e contribui para tudo dar certo no ar”, comemora.

Bocage está há 34 anos na emissora pública desde a época da TV Educativa do Rio de Janeiro. Ele recorda quando foi convocado para conduzir o debate esportivo de domingo do canal após o amigo Januário de Oliveira, apresentador titular na época, sofrer um infarto. “Fui chamado às pressas, no dia 20 de setembro de 1987 e apresentei pela primeira vez a mesa redonda da TVE, o Esporte Visão“, lembra.

Dono de bordões inesquecíveis que marcaram época, Januário de Oliveira é uma das personalidades da crônica esportiva que integrou a bancada do programa que já teve várias nomenclaturas e jornalistas. Um dos profissionais lembrados sempre pela equipe é o saudoso Alberto Léo, que faleceu em junho de 2016 e foi homenageado ao dar nome à redação de esportes da EBC. Além da TV Brasil, ele construiu uma carreira marcante pela Bandeirantes e Manchete.

O experiente comentarista titular Marcio Guedes destaca a perspectiva que diferencia o No Mundo da Bola. “Aqui na TV Brasil o esporte sempre foi considerado uma questão de educação e cultura”, afirma o veterano com cinco décadas de jornalismo esportivo e passagens históricas por Manchete e ESPN.

Ele analisa as transformações desse modelo de produção. “A mesa redonda, nome antigo e consagrado dos programas esportivos dominicais mesmo que hoje já não tenham mesas, muito menos redondas, já é uma tradição na emissora. Com muitos nomes e participantes diferentes chegamos até o formato atual com a apresentação do meu amigo e brilhante profissional Sergio du Bocage”, opina.

“Conseguir um destaque em meio a dezenas de programas é de certa forma uma recompensa pelo trabalho que nos dá tanta satisfação na comunicação esportiva. Ficamos honrados e com a promessa de que faremos sempre o melhor possível”, completa Marcio Guedes.

Comentarista fixo da atração há poucas semanas, o jornalista Luiz Ademar participa do papo direto de São Paulo. “Cheguei agora, mas já tinha participado como convidado. É um reconhecimento ao trabalho coletivo da equipe de esportes da TV Brasil. Fico honrado em fazer parte desse time”, celebra.

Luiz Ademar agradece a acolhida e ressalta a qualidade do trabalho. “Tem muita união e empenho para trazer bons entrevistados e personagens. Sempre tem troca de opiniões, ideias e discussões sobre a enquete. Acompanhamos o que acontece no universo esportivo durante a semana pela programação da Rádio Nacional e pelo programa Stadium, também da TV Brasil“.

Editor-chefe do No Mundo da Bola, Marcos Alcântara corrobora essa visão ampla e profunda que é feita no canal. O profissional comenta a proposta do debate semanal. “A meta principal é informar o que acontece no esporte com bola. Aliás, esse é o título do programa”, explica.

Ele completa o raciocínio. “Mostramos as opiniões de jornalistas de todas as partes do país falando de todos os assuntos. Sem priorizar informações por importância de audiência. Na verdade, a ideia é difundir democraticamente a força do futebol aqui e no mundo ouvindo comentaristas de todas as gerações”, conclui Marcos Alcântara.

Sobre o Prêmio

O Prêmio Os +Admirados da Imprensa Esportiva aponta os profissionais, programas e veículos mais lembrados da área. O concurso é promovido pelo Jornalistas&Cia e Portal dos Jornalistas com parceria de 2Toques Assessoria em Comunicação Esportiva, do canal LiveSports e do I’Max, além do apoio institucional da Associação de Cronistas Esportivos do Brasil (Aceb).

Entre os profissionais, 25 foram eleitos entre os 230 que se classificaram para o segundo turno em 15 categorias. Já no âmbito dos programas e veículos, 18 venceram entre os 72 que concorreram a seis categorias distintas. Em agosto, o prêmio apontou os profissionais e produções finalistas que foram considerados os principais da cobertura esportiva do país.

Ao todo, foram indicados mais de 400 profissionais e aproximadamente uma centena de veículos e programas que passaram por votação em dois turnos até esse resultado. Os organizadores divulgaram os três +Admirados em cada uma das 21 categorias: Locutor (Rádio e TV), Comentarista (Rádio e TV), Repórter (Rádio, TV, Impresso e Digital), Repórter de Imagem (Fotógrafo e Cinegrafista), Jornalistas Regionais (Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte), Programas (Rádio, TV Aberta e TV por Assinatura), Veículos (Impresso e Digital) e Podcast, e os TOP 25 na categoria jornalista nacional.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio