No ‘Domingão’, Ludmilla canta versão light de Rainha da Favela; veja o que foi censurado

Letra foi composta pela cantora, junto com Cabrera e Pablo Fierro

Publicado há 4 dias
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das principais cantoras da atualidade no Brasil, Ludmilla foi uma das atrações do Domingão do Faustão de hoje, dia 10. A artista participou como atração musical do quadro Ding Dong e cantou seus hits de maior sucesso, entre eles Invocada, Favela Chegou e seu mais recente lançamento, Baile de Favela.

Essa última, cantada pela primeira vez na versão light, sem o uso da palavra pussy (vagina), citada no trecho: “My pussy mata rindo”. Em troca, a palavra “sorriso” foi usada no lugar. Ainda no programa, Ludmilla anunciou que lançará o primeiro álbum visual de pagode, com musicas novas e que vai virar um DVD.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira a apresentação de Ludmilla no Domingão do Faustão:

Rainha da Favela

O videoclipe da música foi inteiramente gravado na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, onde a cantora dança em vários locais e mostra imagens de moradores da comunidade.

A artista trouxe para este trabalho as funkeiras Tati Quebra Barraco, Valesca Popozuda, MC Carol e MC Katia, grandes nomes na cena carioca. No registro, as cinco poderosas se deliciam em um banquete e ainda passam uma coroa imaginária entre si.

Rainha da Favela é uma composição de Ludmilla com Cabrera e Pablo Fierro. O clipe foi dirigido por Felipe Sassi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio