Narrador revela que foi demitido da Globo por ser gordo: “Até Bonner faz regime”

Emissora alegou corte de gastos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos grandes narradores da televisão brasileira, Paulo Stein fez sucesso na antiga Rede Manchete, onde transmitia esportes e o carnaval carioca. Em 2011, passou a trabalhar no SporTV, onde atuou até o fim de 2019. Na última sexta-feira (19), o profissional contou, em entrevista ao canal do YouTube “Só Esportes“, que o grupo Globo o demitiu por ele ser gordo.

Ao ser questionado sobre o motivo dele não aparecer tanto durante o tempo em que esteve na emissora, o jornalismo contou o seu lado da história e afirmou que até mesmo o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, precisa fazer dieta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Na TV Globo, locutor e narrador não pode ser gordo, lá não pode. Você conhece algum? A razão pela qual eu fui demitido, ano passado, foi por causa disso. Se você não fizer um regime e se mantiver… o próprio Bonner já admitiu que vive fazendo regime“, revelou Paulo Stein.

E continuou: “No jornalismo, você não tem repórter, apresentador gordo. Eu era um negócio fora de série ali porque eu tinha construído um nome, o antigo diretor era meu amigo, Mario Jorge Guimarães. Mas eu não fazia linha de frente justamente por isso. Mas a história é essa aí, lá não pode [gordo]”, continuou o narrador.

O jornalista explicou que ao ser demitido, a emissora alegou corte de gastos. No entanto, ele acredita que este não foi o motivo verdadeiro e, sim, o sobrepeso. Ele afirmou ainda que a notícia lhe deixou chateado, visto que ele desejava transmitir seus conhecimentos para quem está começando.

“Fui chamado na direção e me disseram que estavam com dificuldade financeiras e que teriam que cortar gastos. Mas isso se mostrou uma mentira porque logo depois vários outros profissionais foram contratados”, lamentou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio