Mauricio de Sousa conversa com Jô Soares nesta segunda-feira

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando começou a fazer os primeiros traços, não imaginava que sua obra teria tamanha importância para várias gerações. Se dependesse da mãe, inclusive, ele seria cantor em vez de cartunista. “Olha, o sucesso desses personagens nos fez sermos considerados os maiores alfabetizadores do país”, orgulha-se Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica e que está no ‘Programa do Jô’ desta segunda-feira, dia 28.

Trabalhando em jornal, o pai da Mônica, literalmente, percebeu que só fazia personagens masculinos. “Eu não sabia o que e como uma mulher reagia, pensava. Mas observei minhas filhas e pensei: Eu as conheço bem e acho que posso puxar essa experiência para as histórias em quadrinhos”, conta ele sobre como deu início à sua maior obra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por mais que, atualmente, não seja responsável direto por nenhuma história da Turma da Mônica, o cartunista de 81 anos gosta de estar por dentro de tudo. “Acompanho, dou sugestões, sou onipresente. Faço isso há 56 anos e gosto do que faço, quero continuar fazendo!”, finaliza.

No segundo bloco da atração, o quarteto de choro Nota Paulista traz um pouco de sua música e sua história para Jô Soares. Um dos integrantes do grupo, José Eduardo, é irmão da atriz Maria Fernanda Cândido.

O ‘Programa do Jô’ vai ao ar de segunda a sexta-feira, logo após o ‘Jornal da Globo’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio