Locações de O Que a Vida Me Roubou são Patrimônio Cultural da Humanidade desde 1999; veja fotos

São Francisco de Campeche é localizado no coração da península de Yucatán

Publicado há 4 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As belezas de Aguazul, a fictícia cidade que vemos em O Que a Vida Me Roubou, atual reprise do SBT, são tão reais quanto se possa imaginar. Fora da ficção ela se chama São Francisco de Campeche e fica localizada na Península de Yucatán. Este é o cenário que vemos todos os dias na novela protagonizada por Angelique Boyer.

São Francisco de Campeche é a capital do estado mexicano de Campeche, localizado no coração da península de Yucatán. Com cerca de 220.000 habitantes, ela é famosa por ser uma das poucas cidades amuralhadas da América e a única no México.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O local conserva em excelente estado seu patrimônio histórico, uma das razões pela qual foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1999.

Nela, Angelique Boyer, Sebastián Rulli e todo o elenco da trama viveram momentos de grandes recordações ao serem abraçados durante cinco meses pela população da cidade que se amontoavam todos os dias para acompanhar as gravações da novela.

Os últimos momentos da novela paralisaram a cidade com centenas de pessoas diante da Catedral, no Malecon e na tradicional Praça de São Francisco.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais