Indignado com demissão, Evaristo Costa corta relações com a CNN Brasil: “Foi um desprazer”

Jornalista deixou a emissora após dois anos de serviços prestados

Publicado em 13/09/2021 23:43
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta segunda (13), Evaristo Costa abriu uma caixa de perguntas em seu Instagram e respondeu tudo sobre a demissão da CNN Brasil.

O jornalista mostrou aos seguidores que está indignado com a emissora, que o desligou após dois anos de serviços prestados. À imprensa, o canal alegou mudanças na programação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No mesmo dia, Evaristo já havia mostrado sua revolta. Agora, ele falou mais sobre o assunto. Sobre o nível de indignação com a empresa, ele respondeu: “Sendo 0 não indignado e 10 o máximo de indignação, minha resposta é 10. Foi um prazer e um desprazer maior ainda”, postou.

Sobre o que a CNN alegou para a demissão, ele respondeu. “Poderiam alegar o que quisessem, é direito deles demitir. O que nenhuma empresa pode fazer com funcionários corretos é apunhalar pelas costas e de forma desrespeitosa. Que faz com um, faz com todos”, revelou.

Evaristo também contou se a CNN chegou a pedir desculpas a ele. “Não se retrataram e estão tentando encontrar justificativa para dizer que desvirtuei minha demissão. E, sinceramente, espero que nunca mais se dirijam a mim”, respondeu.

No canal, o jornalista comandava o CNN Séries Originais, mas o programa não conquistou bons índices de audiência. Além disso, a demissão do jornalista faz parte de uma política de corte de gastos, já que ele recebia um alto salário para apresentar a atração direto de Londres, onde vive atualmente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio