Glória Pires viverá Dona Lola no remake de Éramos Seis

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Está definida a protagonista do remake de Éramos Seis na Globo.

Em entrevista ao TV Fama, Glória Pires confirmou que viverá Dona Lola na produção de Maria José Dupré.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conforme já adiantamos, a Globo adquiriu os direitos da obra e fará uma adaptação para o horário das seis.

De acordo com a atriz, a novela está confirmada na grade da emissora em 2020.

A autora responsável pela produção é Angela Chaves, que já entregou dois blocos de capítulos para o canal.

Agora, a trama está em processo de escolha de elenco.

Leia mais: Globo inicia os trabalhos da nova versão de Éramos Seis

Éramos Seis terá versão diferente na Globo

A ideia da Globo é fazer uma adaptação diferente da obra que já virou novela na RecordTV, em 1958, bem como na Tupi (1967) e o SBT (1994).

A versão do SBT, inclusive, fez o maior sucesso na época, contando com Irene Ravache como personagem principal.

Justamente para distanciar sua obra da concorrente, a Globo já descarta a escalação de atores que estiveram na adaptação do SBT.

Curiosamente, o autor responsável foi Silvio de Abreu, responsável atualmente pelo setor de teledramaturgia da Globo.

A nova Éramos Seis pode contar com novas situações, mas todo o conceito da obra será mantido.

Carlos Araújo é o diretor responsável.

Leia mais: Éramos Seis: relembre todas as versões desse clássico da TV

Glória Pires volta às telinhas como protagonista

Com a confirmação no papel de Dona Lola, Glória Pires voltará às novelas como protagonista.

A atriz terá um bom descanso após atuar em O Outro Lado do Paraíso, trama na qual viveu a problemática Elizabeth.

Além disso, vale destacar que a última novela das seis de Glória também foi um remake: Anjo Mau, em 1997.

Na clássica obra de Cassiano Gabus Mendes, ela viveu a babá Nice, que já havia sido interpretada por Susana Vieira em 1976.

Agora, a atriz encara um novo trabalho com uma personagem desafiadora e cheia de nuances.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais