GloboNews se gaba de furo de reportagem dado antes pela CNN Brasil

Episódio aconteceu na tarde desta segunda-feira (15)

Publicado há 4 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A disputa por primícias entre canais noticiosos da TV paga deu margem a um episódio curioso na tarde desta segunda-feira (15). A GloboNews vendeu como ‘em primeira mão’ a notícia da indicação de Bruno Funchal para a secretaria do Tesouro Nacional.

Até aí, nada demais. O problema é que a informação foi difundida pela rede informativa do Grupo Globo exatamente às 14h37, menos de dez minutos após a CNN Brasil ter, de fato, divulgado com pioneirismo o mesmo dado em sua programação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A informação foi recapitulada e aprofundada dentro do Edição das 16h, quando uma legenda na base da tela reforçava: “Você viu primeiro na GloboNews“. De acordo com o portal UOL, tal fato indignou a CNN, que reivindicou para si a primazia da informação.

A assessoria de comunicação à Globo enviou ao mesmo veículo a seguinte nota sobre o caso: “Reivindicar um furo que todos têm é complicado. O Globo deu a notícia às 14h24. A Folha deu a notícia às 14h34. Se a CNN deu às 14h28, ela deu depois de O Globo. Uma notícia assim, não tem dono. Pelos mesmos motivos, o Edição das 16h não deveria ter usado a tarja em questão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais