Gideon expulsa Débora de casa: “Tenho vergonha de ser seu pai”

Judeu ortodoxo não aceitará gravidez da filha solteira

Publicado há 9 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A notícia de que espera um filho de Adriano (Felipe Cunha) vai virar a vida de Débora (Manuela do Monte) de pernas para o ar. Gideon (Henri Pagnoncelli) não aceitará que sua filha seja mãe solteira e a expulsará de casa logo no primeiro capítulo de Apocalipse.

Tamar (Jussara Freire) é a primeira a saber do estado da herdeira e a obriga a abrir o jogo com Gideon. Antevendo a reação negativa do pai, Débora tenta convencê-lo a apoiar sua relação com Adriano. “Ele é um ótimo rapaz, pai. E me ama de verdade! Tanto que quer se converter ao judaísmo. Aceitou ser circuncidado e tudo“, garante a moça.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gideon, porém, não se comove com a situação de Débora e a expulsa de sua casa. “Me perdoa, pai“, implora a irmã de Hanna (Brendha Haddad), já aos prantos. “Fora daqui! Você desonrou o nome da nossa família! Traiu a minha confiança! Eu tenho vergonha de ser seu pai! Você não é mais minha filha! Nem essa criança é meu neto!“, esbraveja o patriarca, cego de fúria.

Humilhada, mas resignada, Débora se prepara para arrumar suas coisas e partir, como o pai ordenou. Mas ele a detém: “Vai sair daqui como chegou! Só com a roupa do corpo!“, exige, cruel.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Apocalipse.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio