Fim de Helena em Laços de Família não foi o que o público queria; entenda

Maneco revela que os telespectadores queriam a protagonista com o administrador do haras

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Laços de Família, novela de Manoel Carlos que foi ao ar pela primeira vez entre 2000 e 2001, Helena, protagonista vivida por Vera Fischer, começa a história com Edu (Reynaldo Gianecchini) e depois se divide entre dois amores: Miguel (Tony Ramos) e Pedro (José Mayer).

Em entrevista ao livro Autores – Histórias da Teledramaturgia, da Editora Globo, Maneco declarou que os telespectadores torciam para a mocinha ficar com o administrador do haras no final. “Eu argumentava: ‘Não pode. Você imagina a Helena, a Vera Fischer, morando no haras, de botas, montando a cavalo?’. Ou então: ‘Você imagina o José Mayer na clínica de beleza dela, morando no Leblon, de gravada? Esse casamento não pode dar certo’. Diante da minha argumentação, as pessoas diziam: ‘É verdade’”, recordou o escritor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A Helena tinha mesmo que terminar com o livreiro porque, no primeiro capítulo da história, ela diz: ‘Preciso encontrar um homem que me acrescente alguma coisa. Não quero mais namorar garotão. Quero encontrar um homem mais vivido do que eu, mais inteligente, mais experiente’”, destaca o novelista.

“Você percebia que ela havia tido vários namorados, e que nenhum preenchia as suas necessidades. De repente, ela encentrava aquele homem que falava de livros, de viagens, das ilhas gregas, de vinhos… Ela percebia que aquele homem, realmente, seria uma coisa boa na vida dela. Eu acreditei no casamento da Helena com o Miguel, e tenho certeza que os dois são felizes até hoje”, conclui Manoel Carlos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio