Fátima Bernardes relembra migração para o entretenimento: “Estava um pouco cansada”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A saber, nesta segunda-feira (1), foi ao ar no Canal Brasil a edição do Espelho no qual Fátima Bernardes foi entrevistada por Lázaro Ramos. A famosa falou no formato sobre a decisão de deixar o jornalismo e ir para o entretenimento.

“Sou uma pessoa que aparento tranquilidade, mas sempre fui extremamente inquieta, desde criança. Estou sempre tentando me reinventar, preciso dessa reinvenção”, declarou a estrela. “Tenho muito medo da acomodação, sempre tive, então me antecipo a ela. Se o olho parar de brilhar, não tem mais graça”, apontou inesperadamente a famosa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Queria
continuar falando de atualidade, levando informação, mas de uma maneira mais
pessoal, em que eu pudesse escolher os temas, não ficasse tão pautada pelo
noticiário do dia a dia, que estava muito duro e só foi piorando”, destacou a
artista.

“Eu estava um pouco
cansada e queria continuar provocando mudanças e melhorias, mas apontando
caminhos positivos de vez em quando. E levar um pouco de diversão, um pouco
mais de leveza”, apontou a apresentadora, destacando a fase quando começou
a se ‘soltar’ no matutino.

“Pensei ‘como vou me comportar? Quando toca uma música não consigo ficar quieta’. Já pensou se no primeiro programa eu estivesse dançando Bang com a Anitta? As pessoas iam dizer ‘quem é a Fátima?’ Essa transformação tinha que ser natural, eu mesma me surpreendendo com o que podia fazer. Não podia ter pressa nem ser forçada”, concluiu, enfim, Bernardes.

No mês passado, Fátima foi surpreendida por um elogio inesperado de um dos integrantes da plateia do Encontro. Ela também parabenizou um rapaz que se assumiu gay durante o programa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio