Fátima Bernardes esclarece polêmica: “Não houve escolha pelo tráfico em detrimento do trabalho policial”

Publicado em 22/11/2016

Depois de toda a polêmica por conta de uma enquete promovida no Encontro na semana passada, Fátima Bernardes abriu o matinal desta terça-feira (22) argumentando que “não houve escolha pelo tráfico em detrimento do trabalho policial” em seu programa.

A jornalista argumentou que faltou compreensão sobre o que estava sendo discutido, se as pessoas optariam por ajudar alguém com a vida em risco, no caso um traficante, ou um policial que estava em melhores condições que ele.

Fátima mencionou, inclusive, que nas redes sociais internautas perguntaram o que ela faria caso seus filhos estivessem feridos juntamente com um oficial, e ela revelou que socorreria o policial caso ele precisasse de mais auxílio que os herdeiros.

Bernardes disse ainda que traficantes têm advogados e nem por isso seus defensores devem ser atacados, pois todos têm direito a defesa.

Após crítica de Bolsonaro, Fátima Bernardes ganha campanha na internet

Por fim, a profissional adicionou que em momento algum naquele dia deu sua opinião pessoal a respeito do tema e destacou a falta de condição de trabalho dos policiais, o que colaborou para a repercussão negativa em relação à enquete.