Deus Salve o Rei: Catarina visita local onde Augusto está preso e ele avisa: “Eu não tenho mais filha!”

Publicado há 3 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Deus Salve o Rei, Catarina (Bruna Marquezine) sob a ameaça de Virgílio (Ricardo Pereira) de entregar a carta em que é avisada que seu pai, o rei Augusto (Marcos Nanini), está doente e debilitado na torre de Zéria onde está preso, resolverá ir até o local para tentar transferir o pai para outro lugar, antes que alguém descubra seu paradeiro.

Veja também: Virgílio descobre em carta no quarto de Catarina que o rei Augusto está preso

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao chegar na cela, Catarina percebe o ambiente úmido e lúgubre, com apenas uma cama simples. Sentado nesta cama está o rei Augusto, seu pai, visivelmente debilitado e doente, tossindo. Catarina tenta segurar a emoção ao ver o pai naquela situação. Ele fica chocado ao se virar e dar de cara com a filha. “Eu achava que nunca mais a veria novamente. A visita da morte hoje seria bem mais agradável do que ter você diante de mim”, diz o rei Augusto.

Veja também: Olegário se consulta com a mandingueira e descobre como se livrar da maldição de Matilda

Catarina tentará se justificar, mas Augusto interromperá as palavras da filha. Ela conta ao pai que ainda não será possível tirá-lo da prisão. “Vejo que procede a informação que me chegou: O senhor está, de fato, doente. Por isso faço questão de que seja transferido o quanto antes para outro local, mais razoável.”, diz Catarina tentando enganar o pai mais uma vez.

Veja também: Selena e Amália tentam avisar Afonso sobre traição, mas chegam tarde demais

Augusto desconfia que a filha está mentindo, fala que tem certeza que as intenções dela são somente porque alguém deve ter descoberto o que ela fez e ela nega, dizendo que o estado de saúde do pai a preocupa. “Independente dos rumos que tudo acabou tomando, de nossas divergências, eu ainda sou, e sempre serei, sua filha”, afirmará Catarina. “Eu não tenho mais filha! Se um dia tive, está enterrada em algum lugar do passado”, diz o rei Augusto. Logo em seguida a vilã sem dó alguma do pai, tentando conter o choro, pedirá que os levem-no para ser transferido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio