Deus Salve o Rei: Catarina manipula Afonso sobre morte de Constantino

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Catarina (Bruna Marquezine) sabe muito bem o que está fazendo em Deus Salve o Rei, na Globo. Para isso, ela vai manipular todos a sua volta para que ninguém descubra os crimes que tem cometido. Afonso (Romulo Estrela), por exemplo, vai se deixar envolver na conversa dela sobre a morte de Constantino (José Fidalgo).

“Afonso! Chegou até mim a informação de que Constantino foi envenenado. Isso procede?”, perguntará cínica. “Ao que tudo indica ele foi mesmo assassinado”, responderá Afonso. “Que horror! Eu odiava Constantino mais do que ninguém… mas tenho de lamentar sua morte. Afonso, talvez você não saiba de alguns detalhes… Quando vocês estavam presos, ele contou sobre a conversa que tivemos na Pedreira?”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Vilã Catarina contrai a peste, em Deus Salve o Rei

“Não. Há algo que eu deva saber?”, indagará. “Eu ofereci dinheiro para Constantino ajudá-lo em sua fuga. “Então foi por isso que Constantino mudou de ideia quando eu lhe propus nos aliarmos na fuga?”, perguntará Afonso. “Conhecendo Constantino como eu conhecia, sabia que ele poderia ser um problema para os seus planos. Por outro lado, também sabia que ele seria muito útil”.

“Então eu também lhe sou grato por isso!”, falará o rei. “No entanto, nada impediu que Constantino lhe traísse posteriormente. Você sabia que foi ele quem contou a Rodolfo o caminho por onde você seguiu após deixar a pedreira!”. “Sim, eu soube. Só não entendi o que ele ganharia com isso”.

“A liberdade. Mas, ainda assim, Rodolfo o manteve preso. E muitos aqui sabem que Constantino o traiu. Pessoas que torciam pela sua volta. Portanto, devem ter se sentido igualmente traídas”, dirá Catarina. “Você quer dizer que essas pessoas poderiam ter envenenado Constantino por vingança? Por minha causa?”, perguntará. “Não lhe parece lógico?”, devolverá a pergunta. “Nesse caso, seriam muitos os suspeitos”. “Na verdade, qualquer um deste castelo poderia ser suspeito”, concluirá Catarina deixando Afonso pensativo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio