Revelação

Destaque em Travessia, Clara Buarque fala sobre a pressão por vir de uma família de artistas: “Sempre vão esperar mais de mim e me julgar”

Intérprete da bióloga Bia na trama de Gloria Perez, a atriz é filha de Carlinhos Brown e neta de Marieta Severo e Chico Buarque

Publicado em 30/04/2023

Uma das grandes revelações de Travessia, a atriz Clara Buarque faz sua estreia em novelas na trama de Gloria Perez como a bióloga Bia que entrou praticamente na metade da história para abalar o romance de Oto (Rômulo Estrela) e Brisa (Lucy Alves).

Filha de Carlinhos Brown e Helena Buarque, e neta de Marieta Severo e Chico Buarque, a jovem atriz de apenas 24 anos já chega à carreira artística com o enorme peso da tradicional família de artistas.

Em entrevista à coluna da jornalista Patrícia Kogut, em O Globo, Clara fala do seu sonho de fazer novela, além de explicar como lida hoje em dia com a pressão e as cobranças, por ser de um clã formado por artistas renomados, inclusive neta de uma das maiores atrizes do Brasil.

Marieta Severo e Clara Buarque
Marieta Severo e Clara Buarque

“Sempre quis fazer novela. É um lugar muito sonhado. Esse mundo sempre me encantou. Faço teste na Globo já tem mais de cinco anos. Sempre soube que a hora certa ia chegar, na novela certa. Estou muito feliz com toda a repercussão”, diz Clara, que antes da trama das 21h já tinha feito duas séries na Disney e espetáculos do teatro musical.

Sobre estrear na TV aberta, já de cara em uma novela do horário nobre da maior emissora do país, Clara comenta que se assustou um pouco, mas seus trabalhos anteriores lhe deram tranquilidade para encarar esse desafio tão sonhado. “Por ter feito alguns trabalhos antes, não senti tanta insegurança. Claro que tem um lado que assusta, porque a Globo tem muita visibilidade, é bastante exposição. Mas eu me dediquei, quis muito estar aqui. Então acho que foi mais tranquilo do que imaginei. Minha cabeça hoje é outra, tudo evoluiu para que eu chegasse à novela das 21h do jeito que eu cheguei. Pela primeira vez pude olhar para o meu trabalho e realmente ter orgulho do que eu estava fazendo, porque sempre fui muito crítica comigo mesma”, pontua a atriz.

Apesar de sonhar, desde muito novinha, em seguir a carreira artística, Clara confessa que por muito tempo negou esse desejo, por sentir medo da exposição e das cobranças que certamente viriam, além das comparações com os grandes artistas de sua família.

Clara Buarque com o avô Chico Buarque e o pai Carlinhos Brown
Clara Buarque com o avô Chico Buarque e o pai Carlinhos Brown

“Adiei meu desejo de trabalhar com arte por medo. Da exposição, da crítica, da pressão de seguir os mesmos passos da minha família… já sabia mais ou menos como funcionava esse mundo e ficava muito assustada, ao mesmo tempo que encantada com tudo. Há seis ou sete anos era uma negação pra mim… Mas acredito que que nasci pra isso… Acho que herdei um pouco de todos os lados deles, o canto, a atuação, a dança… mas por um tempo não tinha coragem de admitir que nasci artista”, relata Clara.

Sobre a pressão do público e da crítica com seu trabalho, a atriz já parece levar isso numa boa, mesmo sabendo que as cobranças sempre serão bem maiores para cima dela. Ainda assim, tudo o que Clara mais deseja é mostrar sua arte, do seu jeito e com sua personalidade.

Acho que por ter nascido na minha família, que é de grande relevância, as pessoas sempre vão esperar mais de mim e me julgar. Sempre vai existir uma comparação e vão colocar uma expectativa em cima de mim esperando que eu atinja o mesmo nível que eles ou mais. Mas cada um tem a sua história. Estou trilhando o meu caminho e não tenho a pretensão de ser igual a meu pai, meu avô, minha avó… Vou fazer do meu jeito, estou começando agora. Muita gente vai duvidar do meu talento. Por outro lado, é muito bom ter tanta referência na minha família. Eles são a minha maior inspiração”.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade