Datena responde a críticas por entrevista com Bolsonaro

Presidente foi entrevistado na Band na última sexta

Publicado há uma hora
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador José Luiz Datena aproveitou a edição deste sábado (16) de seu programa Brasil Urgente para rebater as críticas que vem recebendo nas redes sociais desde ontem (sexta-feira, 15), pela forma como conduziu a entrevista com o presidente Jair Bolsonaro na atração.

O âncora da Band foi duramente reprovado por ter deixado Bolsonaro falar pelos cotovelos, sem qualquer interrupção ou intervenção sua, durante o que era para ter sido um bate-papo. O presidente, inclusive, chegou a mentir sobre a existência de um suposto tratamento precoce para covid 19.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Datena explicou que o fato de o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, estar nos bastidores aguardando para entrar assim que Bolsonaro saísse de cena impediu que ele conduzisse a conversa com o Presidente da República da forma em que gostaria. “[Maia] ficou esperando meia hora para falar“, alegou.

No trecho que o Bolsonaro fala do Supremo, que eu achava mais importante perguntar sobre a vacina, perguntar sobre o que ele iria fazer por Manaus, eu passei para outras perguntas“, justificou, citando a fala de Jair sobre ‘ter sido impedido’ pelo STF de tomar medidas para conter o avanço da covid 19.

Se faltou naquela entrevista com o presidente Jair Bolsonaro questionar sobre o trecho do Supremo, um minuto depois que eu acabei de entrevistar o presidente da República, o presidente da Câmara fala sobre essa questão do Supremo“, acrescentou ainda o pai de Joel Datena.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio