Com participante brasileira em BBB italiano, fãs estrangeiros planejam ‘vingança’ contra o BBB21; entenda

Europeus estão com revoltados com fandom de Dayane Mello

Publicado há 13 dias
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma verdadeira guerra pode estar prestes a se deflagrar entre a Itália e o Brasil no recém-iniciado ano de 2021 – mas, ao invés de arsenais de fogo, a web deverá ser a principal arma de ataque e contra-ataque entre as duas partes, que têm em comum a paixão pelo formato do Big Brother.

A confusão começou quando a influenciadora digital e modelo brasileira Dayane Mello foi escalada para participar do Grande Fratello VIP, versão italiana do reality show da Endemol – e com o elenco composto unicamente por celebridades locais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bem pouco popular dentro da casa e também fora dela, Dayane já foi indicada oito vezes ao paredão do programa – mas saiu ilesa de todas as eliminatórias. Tudo isso graças aos fãs brasileiros, que organizam mutirões pela internet a fim de manter a conterrânea na competição estrangeira.

A brasileira Dayane Mello no programa Grande Fratello VIP (Reprodução / Canale 5)

Interferência essa que os italianos não estão dispostos a perdoar. Cientes de que o Big Brother Brasil 21 está prestes a estrear por aqui, vários telespectadores do Grande Fratello VIP expressaram nas redes sociais o desejo de ‘vingar-se’ do fandom de Dayane, interferindo na versão brasileira do reality.

De acordo com o jornalista Vinícius Andrade, do portal Notícias da TV, ameaças como “Agora, brasileiros, podemos fazer o que vocês fizeram“, “Estamos prontos para estragar toda a edição” e até mesmo “Que comece a guerra!” começaram a circular – em italiano, naturalmente – nos últimos dias.

Os fãs ‘brazucas’ do BBB, por sua vez, já se declararam prontos para o contra-ataque. “Podem tentar, não estamos intimidados. Vocês não fazem ideia do que é brasileiro votando em reality, meu bem“, debochou um internauta, na mesma rede social. “Podem vir, estamos esperando“, desafiou outro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio