SAIBA MAIS!

Chay Suede conta que fica magoado com críticas sobre a sua atuação: “Fico aflito”

Ator também falou sobre o impacto das histórias criadas por Glória Perez em sua vida

Publicado em 16/10/2022

O ator Chay Suede, de 30 anos, que voltou às telinhas na pele de Ari em Travessia, falou sobre a ascensão das séries no mercado nacional nos últimos anos e abriu o jogo sobre como lida com as críticas que recebe nas redes sociais por conta de seus trabalhos na TV. Em entrevista à Quem, o protagonista do folhetim de Glória Perez ponderou que é acostumado a lidar com os apontamentos do público, mas que se esforça para ignorar as críticas mais pesadas.

“Gosto mais de assistir às novelas que não estou. Mas eu me assisto, sim, na medida do possível. Agora, com a Globoplay, ficou ainda mais fácil, porque aí podemos ver a hora que quisermos o capítulo. Às vezes, assisto tudo nas redes sociais. Até para ver o que está acontecendo. Várias vezes já corrigi algumas coisinhas através de resposta do público”, entregou o ator.

Chay Suede também revelou que costuma ficar abalado quando lê as críticas carregadas de ódio e que menosprezam a sua atuação. “Nem sempre é positivo. Às vezes, fico aflito, dói. Mas nós temos que estar acostumados a lidar com essas críticas, desde que sejam construtivas”, contou o artista.

Chiara (Jade Picon) e Ari (Chay Suede) em Travessia
Chiara Jade Picon e Ari Chay Suede em Travessia

O ator também comentou sobre a influência das tramas escritas por Glória Perez em sua vida e que se sente privilegiado em protagonizar um folhetim da autora. “Assisti muito O Clone, América e Caminho das Índias. Gosto do jeito que ela trabalha. A Gloria pega um assunto muito contemporâneo e transforma especialmente de uma forma melodramática em uma trama. Ela faz todo mundo querer participar e discutir os assuntos”, pontuou.

Por fim, Chay Suede analisou as mudanças do mercado com o impacto das séries no streaming e a mudança do perfil das novelas atuais. “A novela é um formato específico. Ela não compete com série e muito menos com o cinema. Não é o mundo inteiro que consome novela, mas uma boa parte do planeta, sim. A novela tem se atualizado e está ganhando ainda mais força e atingindo novos públicos por conta do streaming”, argumentou o ator.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade