Camilla de Lucas revela que deixou documento autorizando processos em caso de ataques racistas

A influencer surpreendeu ao abrir o jogo sobre a estratégia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O BBB 21 começou e a repercussão nas redes sociais está sendo gigante, com isso, alguns participantes também começam a ser atacados até mesmo sem nada acontecer. Por isso, alguns deles já tomaram algumas atitudes antes mesmo de entrar na casa do reality show.

Em conversa sobre o racismo com a cantora Karol Conká no final da manhã desta quarta-feira (27), a influencer e Youtuber Camilla de Lucas revelou que deixou uma procuração antes de entrar na casa, autorizando processos em caso de ataques racistas direcionados a ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando eu entrei aqui, já deixei um documento autorizado para processar se tiver ataques racistas”, afirmou a moça, sendo respondida por Karol logo depois. “Eles são sádicos”, disse a cantora, que continuou falando sobre essas situações.

Antes, Karol estava falando sobre o processo difícil para conseguir comprar um apartamento com a mãe, já que negaram a venda para ela, mas depois conseguiu fechar com a ajuda de uma pessoa branca que trabalha para ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio