Bruno teme pela vida de Raquel em O Outro Lado do Paraíso

Publicado há 3 anos
Por Nucia Ferreira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Às vésperas do casamento, as vidas de Bruno (Caio Paduan) e Raquel (Érika Januza) ficarão movimentadas em O Outro Lado do Paraíso. Enquanto o delegado tenta provar que Sophia (Marieta Severo) é uma assassina, Raquel retomará o processo da guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo). Por isso, eles decidem adiar a lua de mel. Mas a maior preocupação de Bruno é que a vida da juíza corra perigo.

Adriana desiste de Patrick e vai namorar Nicolau em O Outro Lado do Paraíso

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruno diz para Raquel que não quer viajar em lua de mel e ela quer saber o motivo. “Tô iniciando, não oficialmente, uma investigação importante. Pode ser decisivo na minha carreira. Me perdoa. A gente viaja mais tarde, pode ser?”, Pede. “Eu também ia fazer o mesmo pedido! É que o Patrick entrou com uma nova ação para redefinir a guarda do Tomaz. E o julgamento caiu para mim”, conta.

O delegado, então, vai se mostrar preocupado. “Raquel, da outra vez eu disse que cê tava mexendo num vespeiro. E cê foi atropelada”, lembra. “Eu me lembro muito bem. Eu sei, Bruno, que você acredita que a Sophia pode ter sido mandante do atentado. Só não sei por que ela não está na cadeia”, questiona. “Porque não há provas”, diz.

Bruno vai revelar sua investigação para a amada. “Eu vou contar um segredo. A investigação que tou iniciando é contra a Sophia. Mesmo assim, enquanto não prendo ela, prefiro que fique afastada dessa ação de guarda”, pede. “Não fujo do meu dever, Bruno. A Clara merece justiça”, afirma a juíza.

Ator lamenta reta final de O Outro Lado do Paraíso: “Difícil pensar que vou ficar desempregado de novo”

No meio da conversa, Bruno atende o telefone. Assim que desliga, ele conta a novidade sobre sua investigação. “O Patrick marcou comigo amanhã, na delegacia. E se ele marcou, é porque conseguiu o que queria. Eu vou prender a Sophia”, afirma. Raquel sorri e o delegado continua. “Eu vou prender a Sophia antes do julgamento da guarda. É um peso que sai da minha cabeça, meu amor. Eu te amo tanto!”, diz aliviado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio