Autores de Bom Sucesso desistem de matar William

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estava previsto para os próximos capítulos de Bom Sucesso, trama das 19h de Rosane Svartman e Paulo Halm, a morte de William (Diego Montez), funcionário da Editora Prado Monteiro. Contudo, a situação mudou.

Os autores do folhetim desistiram de matar o personagem, que seria assassinado por Diogo (Armando Babaioff). “Nós gostamos tanto dele que fomos esticando sua participação, até que decidimos mantê-lo vivo”, revelou Halm à colunista Patrícia Kogut.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em recente entrevista, Montez relembrou o teste que fez para a novela. “Eu saí e, quando estava na porta, voltei e falei para o diretor: ‘Pela primeira vez na vida eu tenho certeza que um personagem foi escrito para mim’”, contou o astro.

O ator ainda elogiou a parceria com Sheron Menezzes, a Gisele. “Ela é uma das parceiras mais generosas que o mundo já fez. Ela é incrível! É muito legal ter essa parceria, poder trocar e aprender”, enalteceu o artista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio