Ator Léo Rosa morre aos 37 anos após luta contra o câncer

Última aparição do artista na TV foi em uma participação especial em Amor de Mãe, em 2020

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Morreu nesta terça-feira (9), no Rio de Janeiro, o ator Léo Rosa. Ele tinha 37 anos e desde 2018 travava uma luta contra o câncer. A informação foi divulgada pelo jornalista Fernando Oliveira, em sua coluna no UOL

Em publicação no Instagram, o ator Renato Góes, que contracenou com Léo Rosa na novela Balacobaco (2012), da Record TV, lamentou a morte do amigo. “Te amo. Só queria ter dado um abraço. Descansa guerreiro. Corre feito água. 🌱🌹”, escreveu ele na legenda de um vídeo em uma cachoeira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O câncer de Léo Rosa começou nos testículos e acabou se espalhando por outras áreas. Logo após o diagnóstico, ele foi submetido a uma cirurgia e deu início ao tratamento. Meses depois anunciou que estava curado, mas oito meses mais tarde voltou a lutar contra a doença.

O ator também passou a investir em métodos alternativos e chegou a abrir uma vaquinha online para custear o tratamento.

O artista estava longe das novelas desde 2020, após uma breve participação em Amor de Mãe, na Globo. Antes disso, integrou o elenco de Escrava Mãe (2016), na Record TV, última novela da qual fez parte de forma fixa.

Um dos papéis de maior destaque de Léo Rosa foi na novela Vidas Opostas (2006), também no canal de Edir Macedo, onde atuou ainda em Amor e Intrigas (2007), Promessas de Amor (2009), Rei Davi (2012) e Milagres de Jesus (2016).

Confira a publicação de Renato Góes:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio