Alex Morenno, o Francisco de Novo Mundo, comemora o retorno da trama

O ator fala da importância que a trama teve em sua carreira

Publicado há 9 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como Francisco em Novo Mundo, o ator Alex Morenno considera a trama um divisor de águas em sua carreira. Nesta entrevista, ele fala da importância da história de Alessandro Marson e Thereza Falcão e celebra a chance de rever este trabalho tão especial.

Como recebeu a notícia da edição especial da novela?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eu fiquei muito feliz com essa ideia de trazer de volta Novo Mundo. Eu já estava ansioso para assistir Nos Tempos do Imperador, que eu sei que se passa 34 anos depois de Novo Mundo. Ter essa novela de volta agora, para a gente poder contextualizar tudo, vai ser maravilhoso. Para o público e para nós, que fizemos a novela, ter Novo Mundo mais uma vez é maravilhoso.

Fale um pouco sobre o Francisco.

O Francisco foi muito importante pra mim. Eu estava afastado da TV há muito tempo. Antes de Novo Mundo tinha trabalhado numa novela no núcleo de comédia, tudo muito leve. E ser jogado para uma novela que conta a história do nosso país com um personagem que de fato existiu, é algo que te movimenta como ator, movimenta a imagem como as pessoas me veem. Me dá uma chance maior de mostrar a minha versatilidade. Acho também que o Francisco me impulsionou para o meu trabalho em Órfãos da Terra.

Qual cena gostaria de rever?

A cena que eu gostaria de rever é também a mais difícil. É uma cena que Francisco, Dom Pedro e Chalaça estão indo para o momento da declaração da independência da república, mas, antes de chegar, lá eles têm um caminho tortuoso pela frente, no meio do mato, com chuva e frio. Foi uma cena que deu trabalho gravar, nos dedicamos muito, e eu gostaria muito de rever.

Francisco (Alex Morenno) e Domitila (Agatha Moreira) em Novo Mundo (divulgação)

Do que lembra com carinho dessa época?

Tem a ver com o momento anterior às gravações: a maneira como tudo foi conduzido nessa novela, a preparação de elenco, ver pessoas que eu nunca imaginava gravar, ser acolhido da forma que eu fui. Muita gente ficou e irei levar para o resto da vida. Isso é muito especial para mim.

Como ficou o relacionamento com a equipe?

Eu conheci pessoas nessa novela que três anos depois ainda estamos aqui. Larissa Bracher, Agatha Moreira, Guilherme Piva, Felipe Silcler, Isabela Dragão, Alice Morena… é tão difícil fazer isso porque tenho medo de não citar alguém. A gente continua tão próximo. Podemos não nos falar todos os dias mas, quando a gente se fala, o carinho é o mesmo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio