Nova temporada de Malhação repetirá tema da bem-sucedida Viva a Diferença

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emanuel Jacobina não quer saber de fazer feio na próxima temporada de Malhação, que levará o subtítulo Toda Forma de Amar. Ciente de que possui a missão de elevar os baixos índices da fase atual, Vidas Brasileiras, o autor não quer errar e vai recorrer a uma espécie de revisitação do último grande sucesso da faixa: Viva a Diferença.

A história de Cao Hamburger foi sucesso de público e crítica em 2017. Nela, cinco jovens de perfis, culturas e classes sociais distintas – Keyla (Gabriela Medvedovski), Benê (Daphne Bozaski), Tina (Ana Hikari), Lica (Manoela Aliperti) e Ellen (Heslaine Vieira) – se unem ao ficarem presas em um mesmo vagão de metrô, durante o parto do filho da primeira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Joana Borges conta sobre a importância de falar de assédio em Malhação: Vidas Brasileiras

Já na trama por vir, novamente o eixo narrativo central será o encontro entre um quinteto bastante plural em torno de um acontecimento. Desta vez, porém, o elo entre eles será um pouco mais ‘sinistro’. Os cinco protagonistas serão testemunhas de um mesmo crime. A estreia da nova história está marcada para o dia 22 de abril.

Nada se cria…

Ainda não se sabe o quão significativas podem vir a ser essas semelhanças entre Toda Forma de Amar e a saudosa Viva a Diferença. Mas, seja como for, vale citar que não se trata da primeira vez que uma temporada de Malhação se inspira em uma fase prévia do mesmo programa na tentativa de reciclar o sucesso de outrora.

Em 2010, o autor Ricardo Hoffstetter recriou, na trama principal de Malhação ID, o argumento da fase 2004 do folheteen – a famigerada “temporada da Vagabanda”. Neste caso, porém, o tiro saiu pela culatra. A saga estrelada por Christiana Ubach e Fiuk foi um retumbante fracasso. E, claro, não chegou nem perto de repetir o êxito de sua precursora, lembrada até hoje como a maior audiência de toda Malhação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio