Sítio do Pica-Pau Amarelo e O Pequeno Príncipe são duas obras capazes de superar As Aventuras de Poliana

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT segue com seu fenômeno As Aventuras de Poliana caminhando para o capítulo 200. Protagonizada por dois grandes talentos infantis, Sophia Valverde e Igor Jansen, a trama escrita por Íris Abravanel é uma adaptação livre da obra literária Pollyanna (1913) e Pollyanna Moça (1915), de Eleanor Porter.

Embora o SBT ainda tenha uma longa caminhada até o fim deste sucesso, será necessário um enorme trabalho de pesquisa até chegarem ao título que poderá substituir Poliana à altura. E porque não continuar com adaptações literárias ao invés de fazer remakes de tramas mexicanas infantis? Pensando nisso, o Observatório da Televisão foi atrás de obras literárias conhecidas do grande público e com potencial de superar a história da menina do jogo do contente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Atrizes de Carinha de Anjo se reencontram e levam fãs da novela à loucura

Sítio do Pica-Pau Amarelo, obra de Monteiro Lobato (1882-1948), caiu em domínio público no inicio de 2018. Isso significa que direitos autorais sobre seus livros e artigos não são mais protegidos. Não há uma obrigatoriedade de autorização para utilizá-los. A proteção aos direitos autorais perdura por 70 anos desde o primeiro dia do ano seguinte ao da morte do autor. Na prática, qualquer editora poderá publicar as histórias de Lobato. Tanto reedições quanto adaptações que remetem a ele e a seus personagens. Ou seja, o SBT pode ficar bem atento sobre isso. Trazer estas obras ao conhecimento dos jovens e crianças de hoje seria uma grande sacada.

As Aventuras de Poliana poderá chegar aos 700 capítulos

O Pequeno Príncipe é outra obra literária que tem enorme potencial para substituir As Aventuras de Poliana. Escrita pelo francês Antoine de Saint-Exupéry. A história fala da amizade entre um homem frustrado por ninguém compreender os seus desenhos, com um principezinho que habita um asteroide no espaço. O livro foi publicado pela primeira vez em 1943, nos Estados Unidos. Com alto teor filosófico e poético O Pequeno Príncipe é o terceiro livro mais traduzido do mundo. A obra tem aproximadamente mais de 160 idiomas, e é um dos mais vendidos por todo o planeta. O clássico ganhou diversas adaptações, seja no cinema ou em espetáculos teatrais e musicais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio