Mudanças de horário desgastam ainda mais o já desgastado Vem pra Cá

A revista eletrônica não terá chance de emplacar com tanta movimentação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já era sabido que o Vem pra Cá, novo matinal (ou vespertino?) do SBT, teria uma vida difícil. Conhecendo a falta de tradição da emissora no segmento e o imediatismo folclórico de Silvio Santos, era fácil concluir que o programa de Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano teria trajetória turbulenta.

E assim tem sido. Com menos de dois meses no ar, Vem pra Cá já mudou de horário quatro vezes. Estreou às 9h30, depois passou para às 9h e, em seguida, “saltou” para as tardes, às 13h50. Sem esboçar reação quanto à baixa audiência em nenhum destes horários, acabou retornando de onde saiu, às 9h. Até quando? Só Silvio Santos sabe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O troca-troca de horários sempre foi a grande arma de Silvio Santos ao tentar emplacar novidades em sua emissora. Para ficar num exemplo “recente”, o Fofocalizando passou por estas e outras provações. Antes das mudanças de títulos e apresentadores, o programa de fofocas “passeou” pela grade. Estreou às 14h, passou paras às 13h, chegou a ir ao ar às 8h da manhã, até que se “estabilizou” às 15h.

No entanto, nem todos os programas do SBT tiveram a mesma “sorte” do Fofocalizando, que foi mudando e mudando, mas nunca chegou a ser extinto de fato. Várias atrações lançadas pelo canal tiveram vida curtíssima em razão da baixa audiência inicial, saindo de cena sem qualquer chance de tentar uma reação.

Resta saber qual será a da revista eletrônica que, por ora, segue matinal. Vem pra Cá experimentará ainda tantas outras mudanças ou terá vida breve? Não se sabe. No entanto, se a ideia inicial da atração era ser uma nova fonte de receita para o SBT, as mudanças de horário podem colocar tudo a perder. Afinal, que anunciante investirá num programa que pode estar cada dia num horário diferente?

A instabilidade de horário não é o único problema do Vem pra Cá. Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano não são os melhores nomes para a atração, e as pautas são batidas e pouco conversam com o público do SBT. Mais do que um novo horário, Vem pra Cá precisa mesmo é de uma reforma profunda em seu conteúdo.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio