Minha Mulher que Manda: variações garantem longevidade das competições de culinária

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O formato de reality show que explora os dotes culinários de seus participantes debutou na TV aberta do Brasil com a estreia do Superchef, quadro do Mais Você, de Ana Maria Braga, na Globo. E chegou ao horário nobre quando a Band lançou o hit MasterChef, comandado por outra Ana, a Ana Paula Padrão. De lá para cá, o filão foi explorado pelos demais canais nacionais das mais diferentes maneiras.

No último domingo (06), outra variação do formato apareceu, como novidade do programa Eliana, do SBT. No quadro Minha Mulher que Manda, Eliana e Carlos Bertolazzi comandam um game situado numa cozinha. A mecânica é simples: três casais disputam um prêmio de dez mil reais; as mulheres aprendem uma receita com Bertolazzi e, depois, devem ensinar, apenas por áudio, seus maridos a replicarem o prato. A experiência, com esquecimentos, brigas entre os casais e momentos atrapalhados na cozinha, rende momentos muito engraçados.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jéssica Senra tem estreia ideal no Bahia Meio Dia e prova que será concorrente nobre para a Record

Soma-se Minha Mulher que Manda ao Batalha dos Confeiteiros, da Record. A atração já está em sua segunda temporada, mas, mesmo assim, ainda chama a atenção por ser diferente dos demais programas do gênero. Aqui, Buddy Valastro julga o melhor “escultor de bolos”, e não o melhor cozinheiro. Os bolos nababescos produzidos nas provas do programa não são nem ao menos experimentados por ninguém: Buddy e os jurados convidados escolhem o melhor bolo apenas olhando para as peças.

A atual temporada também conta com momentos divertidos e muita tensão, sobretudo no relacionamento entre os confeiteiros. Elisabeth, a doceira especialista em modelagem, já foi alçada à vilã da temporada, e toca no terror no reality da Record. Uma pena que a audiência não tenha correspondido nesta segunda leva, pois o programa está bem engraçado.

As Matrioskas é um Estrelas especial de Copa do Mundo

Ou seja, tanto o Minha Mulher que Manda quanto o Batalha dos Confeiteiros usam a cozinha como cenário e elemento principal, mas têm seus diferenciais que o tornam únicos. A novidade de Eliana combinou bem com seu programa, pois tem uma dinâmica de game show que dialoga com seu público. Já Batalha dos Confeiteiros é um reality diferente na linha de shows da Record, destoando das competições de confinamento que o canal costuma apostar. Eles se juntam ao Jogo de Panelas, outro quadro do Mais Você, que também usa a culinária como mote, mas tem dinâmica distinta às competições tradicionais. São três produtos que mostram que a cozinha na TV tem inúmeras possibilidades.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais