Fernanda Gentil parece pouco à vontade no Se Joga

Novo formato não aproveita o talento da apresentadora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Passado um mês da estreia do novo Se Joga, já parece claro que a Globo quis mesmo resgatar a essência do Vídeo Show. O programa se tornou uma vitrine semanal da programação da emissora e, entre erros e acertos na abordagem, no geral ele cumpre sua missão. Ao menos, é infinitamente superior à primeira versão do programa, de triste lembrança.

No entanto, por mais que o formato esteja mais bem resolvido nesta nova versão, a presença de Fernanda Gentil ainda não se justificou. Ela é uma ótima apresentadora: é espontânea, espirituosa, que dispara piadinhas e comentários sarcásticos a todo momento. No entanto, na condução do programa, tudo isso desaparece.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sozinha, num cenário equivocado (pra que mais uma casa de cenário nos programas da Globo? Não existe outro conceito?) e lendo um roteiro que, muitas vezes, é constrangedor, Fernanda Gentil surge presa. É como se o texto que lê não se encaixasse em sua embocadura, tornando tudo meio forçado.

Isso fica claro quando se compara com a performance de Fernanda à frente do quadro em que colhe opiniões de frequentadores de um supermercado (?). Apesar de o quadro ser de qualidade duvidosa, ali se vê uma Fernanda mais solta, mais divertida e mais espontânea. Já no estúdio ela está presa, como se algo a incomodasse. Está visivelmente desconfortável. Até meio constrangida.

Até mesmo a interação com a ótima Tati Machado, que se destaca pela simpatia, parece pouco espontânea. O diálogo entre as duas soa como jogral, deixando evidente que as duas estão presas a um roteiro.

Fernanda Gentil já mostrou que pode render mais. Quando substitui Fátima Bernardes no Encontro, por exemplo, ela demonstra um traquejo e uma segurança que não aparecem no Se Joga. Ou seja, a apresentadora está no programa errado. O Se Joga não aproveita suas melhores características.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio