Com poucos protagonistas, BBB 21 corre o risco de andar em círculos

São poucos os jogadores que movimentam o jogo, tornando-o previsível

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nas últimas semanas, os paredões do BBB 21 provocaram uma grande catarse na audiência. Com “vilões” que caíram em desgraça diante dos olhos do público, o programa promoveu eliminações com recordes de rejeição. Com tanto frisson, o mais recente paredão pareceu até um refresco, já que o público sinalizou com um “tanto faz” ao ter que escolher entre Lumena e Projota.

Assim, este paredão menos catártico pode representar um momento mais morno do jogo. Afinal, as figuras mais polêmicas já saíram da casa, ficando em cena tipos menos controversos. A saída de Lumena e a permanência de Projota e Arthur não significam, necessariamente, que a casa caia no marasmo. No entanto, a trajetória do jogo corre o risco de ficar repetitiva.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso porque Projota, Arthur e Caio podem ser os únicos atuais antagonistas diante da popularidade de Sarah, Gil e Juliette. Ou seja, são apenas seis os nomes que estão no centro da disputa. Os demais parecem orbitar em torno de nada.

A liderança fez bem a João, colocando-o num novo lugar. No entanto, isso não foi suficiente para elevá-lo ao posto de protagonista. Deste modo, o centro da narrativa deve continuar concentrado e, na falta de figuras mais controversas, o chumbo trocado entre os grupos vai ficando previsível.

Isso não quer dizer que o jogo perdeu a graça. O BBB é um programa dinâmico, e reviravoltas fazem parte da atração. Ou seja, não é impossível que os atuais protagonistas percam força, e que coadjuvantes finalmente despontem. No atual cenário, uma manobra neste sentido surge como fundamental para que a disputa não comece a andar em círculos.

Está previsto um paredão falso para os próximos dias. Talvez este seja o chacoalhão necessário para que as peças sejam remanejadas de forma mais contundente. O BBB 21 ainda tem lenha para queimar, mas é importante manter a chama acesa.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio