Com conflito de Thelma e Camila, Amor de Mãe “reinventa” drama de Barriga de Aluguel

Publicado há 10 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos capítulos mais recentes de Amor de Mãe, Thelma (Adriana Esteves) deu a luz o neto, Caio, filho de Danilo (Chay Suede) e Camila (Jéssica Ellen). Toda a gravidez de Thelma, da concepção ao parto, foi marcada por embates entre sogra e nora, já que Camila se sentia constantemente excluída da gestação. Enquanto isso, Thelma se envolvia mais e mais com o neto, ao ponto de não conseguir se separar dele depois do nascimento. Com isso, a autora Manuel Dias reinventa o principal conflito de Barriga de Aluguel, novela de sucesso da Globo nos anos 1990.

Na trama de Gloria Perez, uma mulher recorria a uma barriga de aluguel para poder ser mãe. Mas a mãe de aluguel, no decorrer da gestação, cria um vínculo com o bebê. Assim, quando a criança nasce, a mulher que o gestou se sente a mãe, e passa a disputar a criança com a mãe biológica. A disputa chega aos tribunais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, em Amor de Mãe, a história se repete, e com agravantes. Thelma, a “barriga solidária”, é avó da criança, já que é a mãe adotiva de Danilo, o pai biológico. Desde o início da novela, Thelma se mostrou uma mãe excessivamente protetora, amando o filho acima de tudo e fazendo barbaridades em nome deste amor. Assim, era previsível que este amor obsessivo de Thelma se transferiria para o neto. Com isso, ela e a nora Camila ficaram em lados opostos, tornando-se praticamente rivais.

Maternidade

Para o drama de Amor de Mãe, a situação é um prato cheio para novos conflitos. A autora Manuela Dias foi feliz na abordagem, sobretudo nas reações de Camila. A jovem não sonhava ser mãe por enquanto, mas uma gravidez não planejada a fez despertar para este sentimento. Porém, ela perdeu o útero num aborto espontâneo. Aceitar a barriga solidária de Thelma foi a maneira que ela encontrou para viver este momento.

No entanto, sob o ponto de vista de Camila, a sogra roubou dela experiências importantes deste processo. Tanto que a jovem chegou a desabafar com a mãe, Lurdes (Regina Casé), que se sentia distante desta gravidez. Agora, Amor de Mãe deve explorar a construção do vínculo entre o bebê e Camila. Mas a presença de Thelma deve incomodá-la. Um drama dos mais interessantes.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio