Após onda de realities, TV aberta se entrega aos game shows

Zig Zag Arena, Paredão dos Famosos e a volta do Show do Milhão revelam tendência

Publicado em 23/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A pandemia da covid-19 atrapalhou a produção de teledramaturgia e dos programas de auditório da TV brasileira. Com isso, os reality shows passaram a ocupar mais espaço na programação dos principais canais abertos, já que confinar participantes testados se mostrou um meio mais seguro de se produzir entretenimento. Mas agora, uma “nova onda” chega às emissoras: o game show.

Um dos formatos pioneiros da TV, os jogos televisionados já ocuparam grande espaço nas principais emissoras brasileiras. E eles se preparam para voltar com força. Entre as novidades que os canais anunciam para o segundo semestre, vários são formatos variados de game shows.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste domingo (22), a Record TV lançou o Paredão dos Famosos, quadro do Hora do Faro. Trata-se de uma nova versão de um formato importado, que já foi exibido no Domingão do Faustão no final dos anos 1980, com o nome Jogo da Velha. Em breve, Rodrigo Faro terá a concorrência de Luciano Huck, que levará seu Quem Quer Ser um Milionário? para as tardes de domingo da Globo.

Aliás, o domingo da Globo terá outra novidade no segmento: Zig Zag Arena, o novo programa de Fernanda Gentil. A atração será uma disputa juvenil, fórmula já testada no horário anos atrás, no pouco lembrado Ponto a Ponto (1996). Enquanto isso, a Band prepara As 1001 Perguntas, game que será apresentado por Zeca Camargo.

O SBT, uma das principais “casas” do game show da TV brasileira, também não fica de fora da nova onda e traz de volta o Show do Milhão. O clássico quiz show, que já deu trabalho à Globo no início da década de 2000, agora será apresentado por Celso Portiolli.

O mesmo Celso Portiolli que já tem em mãos vários games, apresentados como quadros do Domingo Legal. Passa ou Repassa, outro clássico do segmento, segue no ar, e divide espaço com Quem Arrisca Ganha Mais e Comprar É Bom Levar É Melhor.

Ou seja, é tempo de game show na TV brasileira. Num tempo em que produzir conteúdo ainda tem seus desafios, por conta da pandemia, qualquer tentativa neste sentido já se mostra bastante válida. Games são sempre eficientes, que distraem e divertem a plateia.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio