Após início angustiante, BBB 21 força reviravolta para buscar leveza

Atração tem investido no humor para apagar má impressão inicial

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O BBB 21 começou pesado. A constante tensão, a pressão psicológica e a perseguição promovidas por vários dos participantes fizeram o programa começar em alta voltagem, deixando o entretenimento de lado e angustiando o espectador. Por isso, vê-se agora um esforço da direção da atração no sentido de fazer o programa mais leve.

Vale lembrar que Mauricio Stycer, colunista do UOL, noticiou recentemente que patrocinadores estariam incomodados com os rumos da atração. Este pode ter sido um dos motivos que fizeram a direção da atração tomar providências para tornar o programa mais agradável de se assistir.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A primeira providência foi cancelar a prova “bate e volta” e instaurar o “contragolpe”, garantindo a ida de um dos “vilões” ao paredão (e, consequentemente, eliminá-lo). E a segunda providência foi tornar o programa mais divertido. Nesta nova pegada, Tiago Leifert ficou menos ranzinza, e a edição tem se levado menos a sério.

Isso ficou claro na edição de terça-feira (16), que fez piadas até com o batimento cardíaco de Fiuk. O chiste ampliou os memes sobre a aparência um tanto cadavérica do ator que surgiram na internet. O fato de pintarem Karol Conká como uma “vilã cômica” também busca aliviar as atitudes dela, anteriormente consideradas controversas.

É uma estratégia válida. Afinal, o programa precisa de pessoas com o perfil de Karol para se manter de pé. Com isso, “suavizar” o seu perfil pode prolongar a vida da cantora dentro do jogo, o que garante a movimentação da casa. Além disso, enxergar os acontecimentos com um olhar mais bem-humorado também é um acerto, afinal, o BBB é entretenimento. O público assiste para se divertir.

Sendo assim, já se pode afirmar que o BBB 21 perdeu a sua dureza inicial e está mais agradável de se acompanhar. A audiência já embarcou no programa e, agora, o desafio é não deixar o interesse se perder. Até aqui, o desafio tem sido vencido com louvor.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio