A Fazenda 12 estreia com algumas decepções e muitos desafios

Programa reúne poucos nomes interessantes neste primeiro momento

Publicado há 3 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A pandemia do novo coronavírus não intimidou a Record TV a apostar numa nova temporada de A Fazenda. A décima segunda temporada do reality show entrou no ar com muitos protocolos de segurança, algumas decepções e desafios a enfrentar.

A grande decepção desta temporada pode ser considerada um efeito colateral do BBB20: como a edição do reality da Globo fez muito bem à imagem de alguns integrantes do time dos “famosos”, como Babu Santana e Manu Gavassi, esperava-se que A Fazenda atraísse nomes mais expressivos (ou menos “inexpressivos”).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, o programa de Marcos Mion segue abastecido de nomes “tipo ex”: ex-reality show, ex-Pânico, “ex-de-alguém-famoso”, entre outros. Mas isso não chega a ser um problema, já que o que sempre rendeu em A Fazenda nunca foi o “grau de fama” dos participantes, e sim a união de diferentes perfis.

E, neste quesito, a emissora se cercou de alguns personagens promissores. Jojô Todinho, por exemplo, é um nome que costuma agitar as redes sociais, o que pode gerar um buzz interessante. O fato de o reality ter como um dos patrocinadores o Tik Tok também pode gerar um engajamento inédito. E a própria presença de Marcos Mion, figura de grande entrada na web, deve garantir o interesse.

Sendo assim, mesmo com alguns nomes controversos, como Biel, A Fazenda 12 tem chances de acontecer. Porém, o programa terá que enfrentar alguns desafios. O principal deles é apagar a má impressão da temporada passada, que passou praticamente em brancas nuvens.

Além disso, A Fazenda terá que trazer o público de volta à frente da TV. O BBB20 bateu recordes no contexto da pandemia, já que estava no ar quando a população começava a quarentenar. Com mais gente em casa, o programa da Globo ganhou fôlego.

Já o programa da Record começa em plena reabertura, quando boa parte da população já voltou às ruas. Com isso, a emissora deve se esforçar para conseguir fazer acontecer todo o engajamento necessário para que A Fazenda empolgue. Ou seja, a Record está dependente do elenco escalado e do que ele pode render. Vamos acompanhar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio