Tatá Werneck junta formatos e faz do Lady Night um excelente talk show

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Multishow estreou nesta semana o Lady Night, talk show comandado por Tatá Werneck. Só a presença dela já basta torná-lo absolutamente diferente de todas as outras produções similares.

Isso ocorre em razão de Tatá elaborar questionamentos sérios, mas muitas vezes de uma forma em que faz o convidado – juntamente com o público – cair na gargalhada e sequer conseguir responder.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meio ao bate-papo, a humorista propõe conversas com a cabeça encostada no pescoço, simulação de arroto ou forçando lágrimas, além de alguns games como o que fez Bruna Marquezine se jogar no chão imitando uma minhoca, por exemplo.

Situações como as citadas já foram vistas em outros programas com a participação de Tatá, como Tudo Pela Audiência e O Estranho Show de Renatinho, mas são elementos utilizados por diversas atrações. Mais precisamente, comuns nos desafios de improviso – quem via o É Tudo Improviso na Band sabe disso.

Após deixar a TV, Marília Gabriela dispara: “Agora estou ganhando muito mal no teatro”

A falta de originalidade, no entanto, não é um problema quando se trata de Tatá Werneck, que não precisaria de nada disso para fazer rir. Excelente humorista, é a grande estrela de seu talk show e os participantes servem como “escada” para ela mostrar todo seu talento.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio