João Acaiabe e Gésio Amadeu: Covid mata dois Barnabés em oito meses

Vítimas do coronavírus, atores trabalharam em Sítio do Picapau Amarelo e dividiram o chef Chico em Chiquititas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os atores Gésio Amadeu e João Acaiabe compartilharam muitas semelhanças na carreira e vida pessoal. Ambos interpretaram na TV dois personagens marcantes para as crianças: Chico, o chef da novela Chiquititas (SBT), e Tio Barnabé, personagem clássico do Sítio do Picapau Amarelo (Globo). A pandemia, infelizmente, trouxe mais uma coincidência entre eles. Os dois amigos foram vítimas do coronavírus e morreram com menos de oito meses de diferença.

Na madrugada desta quinta-feira (1º), Acaiabe se somou a outros 322 mil brasileiros que perderam a vida em decorrência da Covid-19, número que cresce assustadoramente a cada dia, como mostram os boletins epidemiológicos divulgados pelo Ministério da Saúde. Ele estava internado no hospital Prevent Senior, em São Paulo, porém pediu para a família não divulgar seu estado de saúde porque não queria preocupar seus milhares de fãs. O quadro se agravou, e horas antes da morte os familiares anunciaram o quadro clínico nas redes sociais do ator, que naquele momento estava intubado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 5 de agosto de 2020, Acaiabe precisou desmentir a própria morte. O veterano de 76 anos começou a receber mensagens de despedida e luto e se preocupou. Com a ajuda da atriz Carla Fioroni, de Chiquititas, ele esclareceu estar bem de saúde. A notícia falsa viralizou porque o ator foi confundido com outro colega, Gésio Amadeu, vítima de complicações da Covid-19 aos 73 anos. Além de amigos, os dois artistas dividiram personagens durante a carreira.

“Como há poucos papéis para atores negros, as pessoas acham que somos parecidos, como os japoneses, infelizmente”, disse Acaiabe ao autor desta coluna, quando trabalhava para o site NaTelinha, em agosto de 2020. O estereótipo do homem negro veterano rendeu dois papéis marcantes para os dois atores. Gésio Amadeu interpretou o chef Chico na primeira versão brasileira de Chiquititas, em 1997. Quando o SBT decidiu regravar a novela, em 2013, o artista recomendou Acaiabe.

Gésio Amadeu e João Acaiabe como chef Chico nas duas versões de Chiquititas, novela do SBT, em 1997 e 2013 (Montagem/Reprodução/SBT)

“Gésio era um grande cozinheiro e cantava muito bem. Eu tive que aprender a cantar. Descobri que ele tinha me indicado para fazer. Sem saber disso, fui pedir o personagem no SBT”, revelou o ator na mesma entrevista.

Na Globo, os dois colegas compartilharam Tio Barnabé. Entre 2001 e 2006, o personagem carismático do Sítio do Picapau Amarelo foi eternizado na interpretação de João Acaiabe, que só não atuou na última temporada da série infantil, em 2007. Naquele ano, o papel ficou com Gésio Amadeu.

Os artistas se pareciam também na saúde. Ambos eram diabéticos e hipertensos, e tinham o mesmo convênio médico. Acaiabe já foi confundido com Amadeu no hospital onde era submetido a sessões de hemodiálise. “Eu encontrava vários enfermeiros e técnicos que tinham atendido o Gésio, porque ele também ficou com insuficiência renal. Os caras confundiam lá também: ‘Ué, mas ele não estava na [clínica da] Liberdade [bairro de São Paulo]? Como ele está aqui?’. Misturavam mesmo”, contou o segundo chef Chico.

Acaiabe estava na fila por um rim e aguardava o final da pandemia para retomar os trabalhos. Com a ajuda do programa Balanço Geral, da Record, o ator conseguiu doadores. Entretanto, o transplante não foi realizado. Atualmente, é possível matar a saudade e reverenciar um dos atores mais importantes do Brasil na reprise de Chiquititas no SBT.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio